Análise descritiva de exames periciais iniciais de segurados do Instituto Nacional do Seguro Social apresentando transtornos mentais

Autores

  • Adriana Kelmer Siano UFJF
  • Luiz Cláudio Ribeiro UFJF
  • Aline Evangelista Santiago UFJF
  • Mário Sérgio Ribeiro UFJF

Palavras-chave:

Transtornos Mentais. Seguro por Invalidez. Previdência Social.

Resumo

Em análise descritiva preliminar do perfil sócio-demográfico, clínico e previdenciário dos segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) foram verificadas as variáveis relativas aos exames periciais iniciais concluídos entre julho/2004 e dezembro/2006. Os segurados passaram por exame pericial inicial em Juiz de Fora – MG, em decorrência do requerimento de Auxílio-doença, com diagnóstico principal de transtorno mental. As informações, contidas em banco de dados, foram fornecidas pela Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev). Predominaram segurados do sexo feminino (66,8%) e residentes em Juiz de Fora (83,9%), com idade média de 44,3 anos. Registros inespecíficos sobre a atividade laborativa foram encontrados em 22,2% dos casos; quanto ao vínculo com o INSS, 41,2% dos segurados eram autônomos e 30,7% estavam desempregados; o tempo médio de filiação à Previdência foi de 14,4 anos e o de contribuição de 7,6 anos. Os diagnósticos mais frequentes foram de “transtornos menores do humor” (39,6%) e “transtornos de ansiedade” (34,5%); as comorbidades recorrentes foram psiquiátricas (33,6%); mudanças no diagnóstico do exame pericial inicial, em relação ao benefício anterior, aconteceram em mais de 50% dos registros. Foram considerados incapazes 63,8% dos segurados que, em média, estariam doentes há 1,9 anos e incapazes há 37,6 dias na data do requerimento; o tempo médio de afastamento foi de 307,8 dias e os benefícios renovados, em média, 2,6 vezes. Os resultados evidenciam possíveis falhas no trabalho dos Peritos, quanto ao adequado registro de dados clínicos e previdenciários. Sugerem ainda possíveis relações entre requerimentos de Auxíliodoença por transtornos mentais e local de residência, desemprego e informalidade do mercado de trabalho.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adriana Kelmer Siano, UFJF

Psiquiatra, mestranda em Saúde Brasileira pela UFJF

Luiz Cláudio Ribeiro, UFJF

Engenheiro Civil, Professor Adjunto da UFJF, Doutor em Demografia

Aline Evangelista Santiago, UFJF

Acadêmica de Medicina da UFJF, bolsista do PIBIC

Mário Sérgio Ribeiro, UFJF

Psiquiatra, Professor Associado da UFJF, Doutor em Filosofia

Downloads

Publicado

2009-08-20

Como Citar

1.
Siano AK, Ribeiro LC, Santiago AE, Ribeiro MS. Análise descritiva de exames periciais iniciais de segurados do Instituto Nacional do Seguro Social apresentando transtornos mentais. hu rev [Internet]. 20º de agosto de 2009 [citado 12º de agosto de 2022];35(1). Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/hurevista/article/view/331

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

1 2 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.