Sobre a Revista

Foco e Escopo

HU Revista foi criada em 1974 vinculada ao Hospital Universitário da Universidade Federal de Juiz de Fora/MG.

Periódico  do Programa de Pós-Graduação em Saúde da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Juiz de Fora (PPgS/UFJF). Dá sequência à edição impressa, da HE Revista e, posteriormente, HU Revista publicada trimestralmente (ISSN 0103-3123 / e-ISSN 1982-8047), iniciada em julho de 1974 e concluída em dezembro de 2016. Apresenta formato de publicação contínua a partir de 2020, sendo meio de divulgação cientifica do Hospital Universitário e das Unidades Acadêmicas que compõem a grande área da saúde da Universidade Federal de Juiz de Fora: Educação Física, Enfermagem, Farmácia e Bioquímica, Fisioterapia, Medicina, Odontologia, Nutrição, Psicologia, Serviço Social e Ciências Biológicas.

Aceitam-se artigos originais, de revisão sistemática e/ou meta-análise, relatos de caso ou de experiência, comunicação breve, editorial e carta ao editor, sobre questões e temas relacionados ao campo de estudos da saúde. Seus objetivos incluem a contribuição para a divulgação do conhecimento científico, na área das Ciências da Saúde, em forma digital por meio do Sistema de Editoração de Revistas (OJS/SEER), além de articular pesquisa, ensino e prática, visando refletir sobre a construção de uma sociedade mais bem informada e consciente em termos de ciência e tecnologia.  

Processo de Avaliação pelos Pares (Blind peer-review)

Todos os manuscritos submetidos à HU Revista passam pelo seguinte processo editorial:

  1. Os textos (artigos originais, de revisão sistemática e/ou meta-análise, relatos de caso ou de experiência, comunicação breve, editorial e carta ao editor) enviados à HU Revista  são submetidos a um processo de arbitragem científica por avaliação anônima (peer-review) por dois especialistas da área indicados pelo Conselho Editorial.
  2. O Conselho Editorial reserva-se o direito de não publicar os textos que não se adequem ao escopo da revista (desk review feito pelos editores científicos), que apresentem alta taxa de similaridade com outros trabalhos (verificada por softwares anti-plágio, como descrito nas Diretrizes para Autores), que não obedeçam às normas de redação científica e Vancouver (disponibilizamos modelo/template), que não obedeçam às Diretrizes e Normas Regulamentadoras de Pesquisas Envolvendo Seres Humanos em Ciências Humanas e Sociais, bem como textos cujas avaliações não sejam consideradas adequadas para publicação (após avaliação dupla anônima).
  3. A HU Revista  garante o anonimato dos seus autores no processo de avaliação dos artigos.
  4. Sobre o processo e os critérios de avaliação: cada texto é avaliado, de forma anônima, por dois revisores cuja área de pesquisa e/ou de atuação relacione-se ao texto. Os formulários de avaliação são específicos para cada categoria de submissão (artigos originais, de revisão sistemática e/ou meta-análise, relatos de caso ou de experiência, comunicação breve, editorial e carta ao editor) e contemplam critérios de qualidade científica nas seguintes categorias: adequação do título, adequação do resumo (se descreve objetivo, material e métodos utilizados, principais resultados e conclusão) e palavras-chave. São avaliadas ainda introdução, metodologia, resultados, relatos de caso ou experiência, discussão e conclusão, além de uma área específica para comentários do revisor, onde deve tecer observações quanto à sua avaliação geral e indicações claras sobre as alterações que devem ser realizadas (nos casos de aprovação com revisão) ou motivos para a recusa. Esses comentários são utilizados para dar feedback ao(s) autor(es). Após a avaliação dessas categorias, cada revisor indica umas das alternativas: Aceitar, Correções Mínimas ou Maiores Obrigatórias, Rejeitar ou Submeter a outra revista/periódico.
  5. As decisões editorais sobre cada texto são tomadas a partir das avaliações dos dois revisores. Nos casos de dois pareceres Aprovadoou dois Recusado, o(s) autor(es) é(são) comunicado(s) imediatamente sobre a decisão editorial (respectivamente, aceite sem necessidade de envio de nova versão e recusa com arquivamento do texto no sistema). No caso de um parecer Aprovadoe outro Aprovado com correções mínimas ou maiores obrigatórias, os pareceres (sem identificação) são enviados para o autor e é solicitado o envio de uma nova versão do texto; que, após enviada pelo(s) autor(es), é novamente designada para os dois revisores iniciais para uma segunda rodada. No caso de pareceres opostos, um Aprovado e um Recusado, é designado um terceiro revisores; caso o novo parecer seja Recusado ou Aprovado com correções mínimas ou maiores obrigatórias, o autor é comunicado imediatamente sobre a decisão editorial (recusa com arquivamento do texto no sistema); caso o novo parecer seja Aprovado, enviamos os três pareceres para o(s) autor(es), solicitando o envio de uma nova versão, que será avaliada novamente pelos revisores iniciais em segunda rodada. No caso de dois pareceres Aprovado com correções mínimas ou maiores obrigatórias, o editor avalia se as alterações são muito substanciais; se forem alterações fundamentais (erro no recorte, na metodologia, no marco teórico etc.), é comunicada a decisão editorial de recusa e arquivamento do texto no sistema; no caso de as alterações serem de mais fácil resolução (relacionada a revisão de texto, pedido de clareamento de aspectos secundários etc.), enviamos um pedido de envio de nova versão, que passa por segunda rodada de avaliação por parte dos revisores iniciais.
  6. No sistema, os revisores podem enviar documentos complementares para o editor. Como último passo, é solicitado que faça sua recomendação aos editores da revista, de forma mais especificada (Aceitar, Correções Obrigatórias, Submeter novamente à revista, Submeter a outra revista, Rejeitar, Ver Comentários).
  7. Alguns dos textos publicados podem ter origem em convites encaminhados pela HU Revista a especialistas na área sendo que neste caso os trabalhos tramitam pelos procedimentos de avaliação e edição a cargo dos editores. 

Política de Acesso Livre

A HU Revista oferece acesso livre e imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que aumentar a visibilidade e o impacto da investigação desenvolvida, através de uma maior acessibilidade, conseguida graças ao acesso aberto, é também do óbvio interesse das universidades, das suas unidades orgânicas e centros de investigação, e não apenas dos investigadores individualmente. Acredita que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

Preservação Digital

A HU Revista utiliza o LOCKSS como fonte de preservação digital de acesso aberto.

Periodicidade

Com publicação contínua de 60 artigos/ano a partir de 2020.

Diretórios e Indexadores

LILACS

Latindex

Google Acadêmico

Periódicos CAPES

PKP

Peródicos de Minas

Diadorim

TAXAS

Todo processo de submissão, processamento e publicação de artigos ocorre sem nenhum custo para os autores.

 

SIGA A HU REVISTA

              

 

Histórico do periódico

HU Revista foi criada em 1974, como veículo de divulgação do Centro de Estudos Prof. Renato Loures, com o nome de HE Revista. A partir de 2006, deixou o Centro de Estudos e ampliou seus horizontes, tornando-se meio de divulgação científica do Hospital Universitário – Centro de Atenção a Saúde (CAS) e das Unidades Acadêmicas que compõem a grande área da saúde da Universidade Federal de Juiz de Fora.

De escopo multidisciplinar, a HU Revista (ISSN 0103-3123/ e-ISSN 1982-8047), tem como missão contribuir para a divulgação do conhecimento científico em forma impressa e eletrônica nas áreas de ciências biológicas, ciências dos alimentos, educação física, enfermagem, farmácia, fisioterapia, medicina, nutrição, odontologia, psicologia e serviço social. As publicações tem relação com todas as grandes áreas de conhecimento em saúde, abrangendo pesquisas básicas e aplicadas.

Na Plataforma Sucupira, de acordo com a avaliação Qualis/CAPES (2013-2016), a HU Revista apresenta as seguintes qualificações:

Ciências Biológicas I: C; Educação Física: B4; Enfermagem: B3; Farmácia: C; Medicina I: C; Nutrição: B5; Odontologia: B4; Psicologia: B3; Saúde Coletiva: B4; Serviço Social: B4