Tradução audiovisual: teoria e prática da dublagem

Audiovisual translation: theory and practice of dubbing

Autores

DOI:

https://doi.org/10.34019/2318-3446.2020.v8.32100

Palavras-chave:

adaptação, South Park, tradução, dublagem

Resumo

A tradução audiovisual é um ramo relativamente novo, embora pouco explorado, dos Estudos da Tradução. Apesar de ser o principal meio de fruição de produtos cinematográficos e televisivos, a adaptação para
dublagem ainda levanta suspeitas em acadêmicos e críticos, que sequer concordam com sua definição. Após apresentar os diferentes tipos de tradução audiovisual, este artigo enfoca as etapas do processo de dublagem: desafios linguísticos, soluções técnicas que muitas vezes passam despercebidas em uma análise, restrições, profissionais envolvidos e, igualmente, as normas que regem esse campo da tradução. A escolha para o estudo de caso recaiu em South Park, um exemplo excelente do desafio em vários níveis que oferece a oportunidade de analisar os reais problemas que cada quadro ou fala apresenta, e para conferir as perdas e vitórias da tarefa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adauto Lúcio Caetano Villela, Universidade Federal de Juiz de Fora

Professor do Bacharelado em Tradução
Faculdade de Letras/DLEM - UFJF

Referências

AALTOONEN, Sikku. Time-Sharing on Stage: Drama Translation in Theatre and Society. Boston: Multilingual Matters, 2000.

CONTRATTO NAZIONALE DEL DOPPIAGGIO. Disponível em: https://aidac.it/images/pdf/ccnl.pdf. Último acesso em 14/11/2012.

FRANCO, Eliana P. C.; ARAÚJO, Vera Santiago. Questões terminológico-conceituais no campo da Tradução Audiovisual (TAV). Tradução em Revista vol. 11, n. 2, 2011.

OSIMO, Bruno. Manuale del traduttore. Guida pratica con glossario. Milano: Hoepli, 2004.

OTTONI, Filippo. Intervento A.I.D.A.C. al Media Mundus Public Hearing, 26 Giugno 2008. Disponível em: http://guide.supereva.it/doppiaggio_e_doppiatori/interventi/2008/06/333759.shtml. Último acesso em 15/07/2012.

PAOLINELLI, Mario; DI FORTUNATO, Eleonora (eds.). Barriere linguistiche e circolazione delle opere visive: la questione doppiaggio. Roma: Aidac Group, 1996.

PAOLINELLI, Mario; DI FORTUNATO, Eleonora. Tradurre per il doppiaggio. La trasposizione linguistica dell’audiovisivo: teoria e pratica di un’arte imperfetta. Milano: Hoepli, 2005.

PAOLINELLI, Mario. Doppiaggio. La traduzione odiata, Produzione e cultura, 7.1 (1993): 30-31.

PAVESI, Maria. Pronouns in Film Dubbing and the Dynamics of Audiovisual Communication, VIAL (Vigo International Journal of Applied Linguistics), 6 (2009): 89-107.

PEREGO, Elisa. La traduzione audiovisiva. Roma: Carocci, 2005.

POPOVIČ, Anton. La scienza della traduzione. Aspetti metodologici. La comunicazione traduttiva. Milano: Hoepli, 2006.

TOURY, Gideon. Descriptive Translation Studies and Beyond. Amsterdam-Philadelphia: John Benjamins Publishing Company, 1995.

SZARKOWSKA, Agnieszka. The Power of Film Translation. Translation Journal, Volume 9, n. 2, 2005. Disponível em: https://translationjournal.net/journal/32film.htm. Último acesso em 10/12/2020.

Downloads

Publicado

2020-12-21