Indicadores na Gestão da Hospitalidade Pública no Parque Ecológico Promotor Francisco Lins do Rego – Parque Ecológico da Pampulha (PEP) – Belo Horizonte – MG

  • Jussara Helena de Castro Netto
  • Thiago Duarte Pimentel

Resumo

Atualmente, com a crescente demanda por espaços de lazer e recreação, os parques urbanos têm adquirido signifi cativa expressão e relevância nas cidades, assumindo um papel importante no cotidiano dos residentes e também dos visitantes. Este trabalho analisa em que medida os indicadores da hospitalidade pública estão presentes na gestão do uso público do Parque Ecológico da Pampulha(PEP) em Belo Horizonte, MG. Para tanto, embasou-se teoricamente as análises deste estudo nos conceitos de hospitalidade e de áreas protegidas urbanas, a fi m de se ter um parâmetro para interpretar como e de que forma o PEP pode se constituir num espaço de uso público genuinamente hospitaleiro. Para avaliar esta questão, foram realizadas entrevistas com o público visitante, que, de modo geral, evidenciaram um bom desempenho, uma vez que o mesmo percebe e analisa de forma positiva os indicadoresanalisados. A gestão do parque, por sua vez, considera a importância do uso desses indicadores para atender melhor os usuários, mas, ainda, não há um controle sobre o uso destes, uma vez que são escassos os estudos e instrumentos de gestão desta natureza.
Publicado
2011-12-19
Seção
RESULTADOS DE PESQUISA EMPÍRICA / EMPIRICAL RESEARCH RESULTS / RESULTADOS DE INVESTIGACIÓN EMPÍRICA