VIRGINIA WOOLF E SEU PAPEL COMO CRÍTICA LITERÁRIA

  • Caroline Resende Neves
  • Nícea Helena de Almeida Nogueira Universidade Federal de Juiz de Fora

Resumo

Em 2019, Um teto todo seu celebrou seus 90 anos de publicação e Três guinéus foi traduzido e publicado no Brasil pela primeira vez. Esses dois eventos, mais a participação na palestra A room of my own (Um teto todo meu) organizado pelo Durham Book Festival (Festival do Livro de Durham), onde os participantes discutiram os desafios que as escritoras ainda enfrentam nos dias atuais, nos inspirou a publicar o presente artigo, para analisar o papel de Virginia Woolf como crítica e apresentar algumas de suas teorias mais relevantes.

Palavras-chave: Virginia Woolf. Autoria feminina. Crítica feminista. Um teto todo seu. Três guinéus.

Referências

ALMEIDA, Márcia de. Cosima: à procura de um lugar de afirmação da autoria feminina. 2009. Juiz de Fora. Disponível em: http://www.ufjf.br/ppgletras/files/2009/11/COSIMA-%C3%80-PROCURA-DE-UM-LUGAR-DE-AFIRMA%C3%87%C3%83O-DA-AUTORIA-FEMININA-Marcia.pdf. Acesso em: 11 set. 2015.

COMPAGNON, Antoine. O demônio da teoria: literatura e senso comum. Tradução Cleonice Paes Barreto Mourão e Consuelo Fortes Santiago. 2. ed. Belo Horizonte: UFMG, 2010.

DERRIDA, Jacques. Essa estranha instituição chamada literatura: uma entrevista com Jacques Derrida. Tradução Marileide Dias Esqueda. Belo Horizonte: UFMG, 2014.

GILBERT, Sandra M.; GUBAR, Susan. No man’s land: the word of wars. New Haven: Yale University, 1988. v. 1.

GOLDMAN, Jane. The Cambridge introduction to Virginia Woolf. Cambridge: Cambridge University, 2008.

LEE, Hermione. Virginia Woolf. New York: Vintage Books, 1999.

LEHMANN, John. Vidas literárias: Virginia Woolf. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1989.

MARSH, Nicholas. Virginia Woolf: the novels. Basingstoke: Palgrave Macmillan, 1998.

MOI, Toril. Introduction: Who’s afraid of Virginia Woolf? Feminist readings of Woolf. In: ______. Sexual/Textual Politics. 2. ed. London: Routledge, 2002. p. 1-18.

NEVES, Caroline R. Virginia Woolf e o espaço autobiográfico em Os anos. Orientadora: Nícea Helena Nogueira. 2018. 117 f. Dissertação (Mestrado em Letras: Estudos Literários) – Faculdade de Letras, Universidade Federal de Juiz de Fora, 2018.

OLIVEIRA, Maria Aparecida de. A representação feminina na obra de Virginia Woolf: um diálogo entre o projeto político e o estético. Orientadora: Maria Clara Bonetti Paro. 2013. 253 f. Tese (Doutorado em Estudos Literários) – Faculdade de Ciências e Letras, Universidade Estadual Paulista Júlio Mesquita Filho (Unesp), Araraquara, 2013.

ROSEMBERG, Molly. Foreword. In: WOOLF, Virginia. A room of my own. London: The Royal Society of Literature, 2019. p. 2-3.

SHOWALTER, Elaine. A literature of their own: British women novelists from Brontë to Lessing. Princeton: Princeton University, 1999.

SHOWALTER, Elaine. Criticism in the wilderness. Critical Inquiry, Chicago, v. 8, n, 2, p. 179-205, 1981.

WOOLF, Virginia. A room of one’s own and Three Guineas. Oxford: Oxford University, 2015.

______. O valor do riso e outros ensaios. Tradução e organização Leonardo Froés. São Paulo: Cosac Naify, 2014.

______. Um teto todo seu. Tradução Vera Ribeiro. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2004.

______. Women & writing. London: The Women’s Press, 1979.

Biografia do Autor

Caroline Resende Neves

Mestre em Letras: Estudos Literários pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Graduada em Letras: Inglês pela mesma instituição.

Nícea Helena de Almeida Nogueira, Universidade Federal de Juiz de Fora

Professora adjunta da Faculdade de Letras e Coordenadora do PPG Letras: Estudos Literários, da UFJF. Pós-doutora pelo PPG Memória e Acervos da Fundação Casa de Rui Barbosa, Rio de Janeiro. Doutora e Mestre em Letras: Teoria da Literatura, pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP), Campus de São José do Rio Preto, SP. Graduada em Letras: Inglês pela Universidade Estadual de Maringá (UEM), PR.

Publicado
2019-12-04
Seção
Artigos sobre Virginia Woolf