Conhecimentos e atitudes de estudantes de Medicina frente à doação de sangue

Autores

  • José Antônio Chehuen Neto UFJF
  • Mauro Toledo Sirimarco UFJF
  • Áureo Augusto de Almeida Delgado UFJF
  • Camila Munayer Lara UFJF
  • William Guidini Lima UFJF

Palavras-chave:

Estudantes de Medicina, Doadores de Sangue, Conhecimentos, Atitudes e Práticas em Saúde

Resumo

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), para manter os estoques de hemoderivados é necessário que 3-5% da população doe sangue anualmente. A porcentagem dos brasileiros doadores (1,7%) é inferior ao preconizado. A doação de sangue entre acadêmicos de medicina é maior que a média da população brasileira.
    Realizamos estudo transversal com 364 estudantes de medicina da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Juiz de Fora.
     36,7% são doadores de sangue. 72,2% manifestaram intenção de doar sangue. Entre os doadores, 45,4% são mulheres e 54,6% são homens. 22,8% são filhos de pais doadores e 49,4% destes já doaram sangue pelo menos uma vez. Observamos diferença estatisticamente significativa entre ser doador e ser do sexo masculino e/ou ser filho(a) de pais doadores. Os principais empecilhos à doação foram: baixo peso (22%), falta de tempo (19,4%), falta de solicitação (14,7%).
     A atitude e o nível de conhecimento dos acadêmicos foram considerados satisfatórios (>80,0%), porém não aumentou ao longo do curso médico. O exemplo paterno associa-se à atitude do filho na doação. Em se tratando deste grupo amostral (estudantes de medicina), nossos resultados foram semelhantes a outras instituições de ensino quanto aos índices de doação de sangue. Assim, consideramos importante a atuação docente para aprimorar os níveis de informação sobre o tema, dada a função primordial do futuro profissional de saúde no fomento à doação de sangue junto à população, minimizando a dissociação entre oferta e demanda de bolsas de sangue em nossa região.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Antônio Chehuen Neto, UFJF

Universidade Federal de Juiz de Fora. Faculdade de Medicina. Departamento de Clínica Cirúrgica – Juiz de Fora, MG

Mauro Toledo Sirimarco, UFJF

Universidade Federal de Juiz de Fora. Faculdade de Medicina. Departamento de Clínica Cirúrgica – Juiz de Fora, MG

Áureo Augusto de Almeida Delgado, UFJF

Universidade Federal de Juiz de Fora. Faculdade de Medicina.

Camila Munayer Lara, UFJF

Universidade Federal de Juiz de Fora. Faculdade de Medicina.

William Guidini Lima, UFJF

Universidade Federal de Juiz de Fora. Faculdade de Medicina.

Downloads

Publicado

2012-08-30

Como Citar

1.
Chehuen Neto JA, Sirimarco MT, Delgado Áureo A de A, Lara CM, Lima WG. Conhecimentos e atitudes de estudantes de Medicina frente à doação de sangue. hu rev [Internet]. 30º de agosto de 2012 [citado 5º de julho de 2022];37(4). Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/hurevista/article/view/1759

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

<< < 1 2 3 > >>