Percepção da aplicabilidade da Medicina Baseada em Evidência

Autores

  • José Antônio Chehuen Neto Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Mauro Toledo Sirimarco
  • Magno Cunha de Souza Guerra Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Virgílio Souza e Silva
  • Wélida Salles Portela
  • Flávio Roberto Silva Rocha

Palavras-chave:

Medicina Baseada em Evidências (MBE), Avaliação crítica, Pesquisa clínica, Tomada de decisões.

Resumo

Na década de 90, surgiu o conceito de Medicina Baseada em Evidências (MBE), ciência baseada na lógica e no conhecimento científico, integrado à experiência prática do médico. Para ser aplicada, são necessários a atualização médico-acadêmica e o aperfeiçoamento das técnicas de procura e leitura crítica de artigos científicos. O objetivo do estudo foi verificar a percepção de discentes do curso de medicina e de médicos quanto ao conhecimento e aplicabilidade da MBE. Aplicou-se questionário contendo 11 perguntas, respondidas individual e voluntariamente por 200 acadêmicos de Medicina e 120 médicos docentes e não-docentes. Verificou-se que 71,7% dos médicos e 62,4% dos acadêmicos entrevistados concordam com a utilização da MBE na prática clínica; 29,2% dos médicos e 30,9% dos alunos reconhecem dificuldades de aplicabilidade da mesma; a Internet mostrou ser o principal meio utilizado para atualização médico-acadêmica (80,8% dos médicos e 80,6% dos discentes). Os achados permitem concluir que, apesar de difundidos o conceito e a concordância com a MBE, sua aplicabilidade ainda esbarra em algumas dificuldades e limitações, o que nos permite inferir que a elaboração e divulgação de roteiros podem auxiliar na construção da pergunta clínica básica e aplicação de informações científicas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-04-26

Como Citar

1.
Neto JAC, Sirimarco MT, Guerra MC de S, Silva VS e, Portela WS, Rocha FRS. Percepção da aplicabilidade da Medicina Baseada em Evidência. hu rev [Internet]. 26º de abril de 2008 [citado 30º de novembro de 2022];34(1):19-25. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/hurevista/article/view/37

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >> 

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.