A CABEÇA DO SANTO E TORTO ARADO: RESSONÂNCIAS DA VIOLÊNCIA SOCIAL E RACIAL NO BRASIL CONTEMPORÂNEO

Autores

  • Ubiratan Machado Pinto Universidade Federal do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.34019/1983-8379.2022.v14.36554

Resumo

Este artigo estabelece uma reflexão crítica a partir dos romances A cabeça do Santo (2014), de Socorro Acioli, e Torto Arado (2018), de Itamar Vieira Junior. Tais textos apontam para uma crise sistêmica e histórica, vinculada à exclusão social e aos vestígios da escravatura no tempo presente. A crise em pauta refere-se às condições de pobreza e às inúmeras facetas do racismo, cuja evidência mostra-se tangível nas ressonâncias da tensão étnico-racial apresentadas neste trabalho.  

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-03-16