Sistematização da Disciplina do Turismo

  • Mariana Pereira Chaves Pimentel Universidade Federal de Juiz de Fora
Palavras-chave: Educação, Turismo, Desafios, Possibilidades

Resumo

Este ensaio propõe a análise do entendimento sobre o turismo e a identificação de princípios fundamentais e desejáveis ao turismo a partir deles. Tal sistematização resulta na proposição de um entendimento do turismo como domínio único de estudos, de contornos definidos pela delimitação de seus elementos constituintes, dentre os quais elementos da indústria turística, da experiência do turista, da ciência do turismo e de valores desejáveis ao turismo. Conclui-se que a disciplina do turismo pode ser definida como o estudo dos deslocamentos, movimentos ou viagens de pessoas que envolvem alguma motivação turística, não exclusiva, e o despendimento de tempo e dinheiro, parcial ou exclusivamente, em estabelecimentos, serviços ou produtos da indústria turística.

Biografia do Autor

Mariana Pereira Chaves Pimentel, Universidade Federal de Juiz de Fora
Professora da Universidade Federal de Juiz de Fora. Doutora em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Juiz de Fora. Mestre em Administração pela Universidade Federal de Lavras (2011). Bacharel em Turismo pela Universidade Federal de Minas Gerais (2006). Tem interesse e atua nas áreas de Turismo e Gestão Pública, com ênfase nos seguintes campos temáticos: (1) Gestão Pública do Turismo; (2) Gestão Pública e Gestão Social; e (3) Planejamento e Gestão do Espaço Turístico.

Referências

AIREY, D. From here to uncertainty. Critical Issues in Tourism Education. In: Conference of the Association for Tourism in Higher Education. Proceedings …. Missenden Ab bey, Buckinghamshire UK 1-3 December, 2004.
AIREY, D.; JOHNSON, S. The profile of Tourism Studies Degree Courses in the UK: 97/98. Guideline n. 7. London: National Liaison Group for Higher Education, NGL, 1998.
AIREY, D.; TRIBE, J. (Orgs.). An International Handbook of Tourism Education. Oxford: Elsevier,
2005.
AMOAH, V., BAUM, T. Tourism education: policy versus practice. Intematianal Joumal of Cantemporary Hospitality Management, vol. 9, n. l, pp. 5-12, 1997.
ANSARAH, M.; REJOWSKI, M. Panorama do ensino em turismo no Brasil: graduação e pós-graduação. Revista Turismo em Análise, v 7, n. 1, 1996.
BOTTERILL, D.; GALE, T. Postgraduate and Ph.D. Education. pp. In: AIREY, D.; TRIBE, J. An International Handbook of Tourism Education. 2005.
BUSBY, G. Experiência de trabalho e vínculos com a indústria. Educação internacional em turismo 16 (2), p. 1135, 2008.
CORBUCCI, P. R. Avanços, limites e desafios das políticas do MEC para a educação superior na década de 1990: ensino de graduação. 2002.
CUNHA, L. Licenciatura em Turismo da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias. Revista de Humanidades e Tecnologias, 9, pp. 77-88, 2003.
DALE, C.; ROBINSON, N. The theming of tourism education: A three-domain approach. International Journal of Contemporary Hospitality Management, 13(1), pp.40-34, 2001.
DURHAM, E.; SAMPAIO, H. O setor privado de ensino superior na América Latina. Cadernos de Pesquisa, n. 110, pp. 7-37, 2000.
ECHTNER, C. M. Tourism education in developing nations a three pronjed approach. Tourism Recreation Research, V. XX, n.2, p. 32-41, 1995.
EVANS, J. Tourism Graduates: a case of over production. Tourism Management, v. 14, n. 4, pp. 243-246, 1993.
FÚSTER, L. Introducción a la teoría y técnica del turismo. Alianza Universidad textos. Madrid, 1991.
KNOWLES, T.; TEIXEIRA, R. M.; EGAN, D. Tourism and hospitality education in Brazil and the UK: a comparison. International Journal of Contemporary Hospitality Management, 15(1), 45-51, 2003.
LEHER, R. Um novo senhor da educação? A política educacional do Banco Mundial para a periferia do capitalismo. Outubro, 1(3), 19-30, 1999.
MacLAURIN, D. Tourism Education in Canada: Past, Present and Future Directions. In: HSU, C. (Ed.) Global tourism higher education: past, present and future. Binghamton, NY, USA: The Haworth Hospitality Press, 2005.
OMT - ORGANIZACIÓN MUNDIAL DE TURISMO. Datos esenciales. Madrid, 1996. p.1-5.
SGUISSARDI, V. O Banco Mundial e a educação superior: revisando teses e posições. Universidade e Sociedade 10 (22), 2000.
SIGALA, M.; BAUM, T. Trends and issues in tourism and hospitality higher education: Visioning the future. Tourism and hospitality research, 4(4), 367-376, 2003.
TRIBE, J. Overview of Research. (pp. 26-43). In: AIREY, D.; TRIBE, J. (Eds.), An international handbook of tourism education Oxford: Elsevier, 2005.
TRIGO, L. G. G. Cronologia do Turismo no Brasil. São Paulo: CTI. Terra, 1991.
Publicado
2017-10-31