O Salmo contra a facção de Donato, ou Salmo Abecedário, de Agostinho de Hipona: comentários e tradução de um poema popular do século IV

Autores

Palavras-chave:

Agostinho de Hipona, donatismo, métrica, tradução poética

Resumo

No início da vida religiosa, Agostinho de Hipona escreveu o Salmo contra a facção de Donato, um sermão contra o cisma donatista que, havia um século, rompera a unidade da igreja católica na África Proconsular. Nessa obra, Agostinho inovou as regras da poética clássica, elaborando um poema de feição popular, de fácil entendimento e memorização. Influenciado pelos ritmos norte-africanos, baseados no isossilabismo e no paralelismo da acentuação das palavras, e não na quantidade das sílabas longas e breves, ele produziu uma das mais inovadoras obras da literatura antiga. Este artigo apresenta a primeira tradução poética para o português do Salmo, elaborada em redondilhas maiores (versos septissílabos), dada a semelhança rítmica possível entre os versos originais e a opção tradutória. Pretendeu-se fornecer ao leitor um panorama histórico mínimo à melhor compreensão do poema. Foi incluída neste trabalho uma análise estrutural da obra, para a sistematização de seu conteúdo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Edições dos textos originais latinos

GSELL, Stéphane. Inscritions latines de l’Algérie – tome premier. Paris: Edouard Champion, 1922.

LAMBOT, C. Texte complété et amendé du “Psalmus contra partem Donati”. Revue Bénédictine, v. 47, p. 312-330, 1935.

MARIUS VICTORINUS. De metris et hexametro commentarius. In: KEIL, Heinrich (ed.). Grammatici Latini – Scriptores artis metricae. V. 6. Lipsiae: Teubneri, p. 206-215, 1874.

Textos complementares

BARNES, T. The beginnings of Donatism. Journal of Theological Studies, v. 26, p. 13-22, 1975.

BAXTER, J. H. On St. Augustine “Psalmus contra partem Donati”. Sacris Erudiri, v. 4, p. 18-26, 1952.

BEARE, William. Latin verse and european song – a study in accent and rhythm. London: Methuens & Co Ltd, 1957.

BRITTAIN, F. The medieval latin and romance lyric to A.D. 1300. Cambridge: Cambridge University, 1937.

CASCUDO, L. da Câmara. Literatura Oral no Brasil. Rio de Janeiro: Livraria José Olímpio/MEC, 1978.

CLARK, Gillian. In Praise of the Wax Candle: Augustine the Poet and Late Latin Literature. In: ELSNER, Jás; LOBATO, Jesús Hernandez (eds.). The Poetics of Late Latin Literature. Ed. New York: Oxford University, 2017, p. 424-446.

FITZGERALD, Allan. Circunceliões. In: FITZGERALD, Allan (ed.). Agostinho através dos tempos – Uma enciclopédia. São Paulo: Paulus, 2019a, p. 232-233.

FITZGERALD, Allan. Retractationes. In: FITZGERALD, Allan (ed.). Agostinho através dos tempos – Uma enciclopédia. São Paulo: Paulus, 2019b, p. 848-849.

FREND, W. The Donatist Church – a movement of protest in roman north Africa. Oxford: Clarendon Press, 1952.

HUNINK, Vincent. Singing together in Church: Augustine’s Psalm against the Donatists. In: LARDINOIS, André; BLOK, Josine; Van der POEL, M. G. M. (eds.). Sacred Words: Orality, Literacy and Religion. Leiden: Brill, 2011, p. 389-402.

LONGOSZ, Stanislaw. El Theatricum carmen de Augustín. Augustinus, v. 36, p. 181-184, 1991.

MAMMÌ, L. Música, métrica e tempo no pensamento de Agostinho: um projeto. Cadernos De Trabalho Cepame, n. 2, v. 2, p. 99-104, 1993.

MANDOUZE, André. Prosopographie chrétienne du Bas-Empire, 1. Prososopographie de l’Afrique chrétienne (303-533). Paris: Centre National de la Recherche Scientifique, 1982.

MARKUS, Robert. Donato/Donatismo. In: FITZGERALD, Allan (ed.). Agostinho através dos tempos – Uma enciclopédia. São Paulo: Paulus, 2019, p. 354-357.

MEILLET, Antoine. Esquisse d’une histoire de la langue latine. Cambridge: Cambridge University, 1933.

NODES, Daniel. The Organization of Augustine’s Psalmus contra Partem Donati. Vigiliae Christianae, v. 63 p. 390-408, 2009.

RABY, F. A History of Cristian-Latin Poetry. Oxford: Oxford University, 1953.

RABY, F. The Oxford Book of Medieval Latin Verse. Oxford: Oxford University, 1959.

ROSE, H. St Augustine as forerunner of medieval hymnology. The Journal of Theological Studies. V. 28, p. 383-392, 1927.

SEDGWICK, W. The trochaic tetrameter and the versus popularis in Latin. Greece and Rome, v. 1, n. 2, p. 96-106, 1932.

SHAW, Brent. Sacred Violence – African Christians and Sectarian Hatred in the Age of Augustine. Cambridge: Cambridge University, 2011.

SPRINGER, Carl. The artistry of Augustine’s Psalmus contra partem Donati. Augustinian Studies, v. 16, p. 65-74, 1984.

TILLEY, Maureen. Donatist Martyr Stories – the church in conflict in Roman north Africa. Liverpool: Liverpool University, 1996.

VAN GEEST, Paul. Space in coercive poetry. Augustine’s Psalm Against the Donatists and his interpretation of the fear of God in Enarrationes in Psalmos. Perichoresis, v. 14, n. 2, p. 21-37, 2016.

VROOM, Hermanus. Le psaume abécédaire de Saint Augustin et la poesie latine rhythitimique. Nijmegen: Dekker & Van de Vegt, 1933.

WHITEHOUSE, John. The Course of the Donatist Schism in Late Roman North Africa. In: MILES, Richard (ed.). The Donatist Schism – Controversy and Contexts. Liverpool: Liverpool University, 2016, p. 13-33.

Downloads

Publicado

2023-12-15

Como Citar

GOUVÊA JÚNIOR, M. M. O Salmo contra a facção de Donato, ou Salmo Abecedário, de Agostinho de Hipona: comentários e tradução de um poema popular do século IV. Rónai – Revista de Estudos Clássicos e Tradutórios, [S. l.], v. 11, n. 2, p. 71–107, 2023. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/ronai/article/view/41129. Acesso em: 25 fev. 2024.

Edição

Seção

Traduções