Sólon e os limites da mimese

Autores

  • Rafael Guimarães Tavares Silva Universidade Federal de Minas Gerais

Palavras-chave:

Literatura clássica, mimese, Sólon, tragédia clássica

Resumo

Partindo de uma anedota relatada por Plutarco, na Vida de Sólon, na qual o legislador ateniense é mencionado num pretenso encontro com Téspis, o “inventor” do gênero trágico, pretendo fazer considerações sobre o estatuto da representação poética no âmbito do pensamento de Sólon. Para isso, recorrerei aos principais testemunhos do período, servindo-me também de bibliografia secundária sobre o assunto (Pickard-Cambridge, Gerald Else e Jacyntho Lins Brandão, por exemplo), a fim de indicar de que modo algumas reflexões de Sólon podem ter sido determinantes para os desenvolvimentos futuros da Poética helênica, tal como, por exemplo, na obra de Platão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rafael Guimarães Tavares Silva, Universidade Federal de Minas Gerais

Estudante de Língua e Literatura Clássicas (Grego Antigo) pela UFMG, com interesses que vão da Filosofia (Antiga e Contemporânea) à Teoria da Literatura, além de teoria e prática da Tradução.

Referências

ARISTOTLE. Athenaion Politeia. Ed. Kenyon. Oxford: Oxford University Press, 1920.

BRANDÃO, Jacyntho Lins. Antiga Musa :Arqueologia da ficção. 2. ed. rev. e ampl. Belo Horizonte: Relicário, 2015.

DETIENNE, Marcel. Les maîtres de vérité dans la Grèce archaïque. Préface de Pierre Vidal-Naquet. Paris : François Maspero, 1981.

DIOGENES LAERTIUS. Lives of Eminent Philosophers.R.D. Hicks. Cambridge: Harvard University Press, 1972 (1st published 1925).

ELSE, Gerald.The Origin and Early Form of Greek Tragedy.New York: The Norton Library, 1965.

JACOBY, Felix. Das Marmor Parium.Berlin: Weidmannsche Buchhandlung, 1904. Disponível em: https://archive.org/stream/dasmarmorparium00jacogoog#page/n0/mode/2up.
Consultado em: 8 de setembro de 2016.

NOUSSIA, Maria. A Commentary on Solon’s Poems.1999. 246 f. Thesis (Degree of Doctor of Philosophy) – University College London, London. 1999. Disponível em: http://discovery.ucl.ac.uk/1382236/1/392223.pdf. Acesso em: 8 de setembro de 2016.

NOUSSIA-FANTUZZI, Maria (ed.). Solon the Athenian, the Poetic Fragments. Leiden; Boston: Brill, 2010.

PICKARD-CAMBRIDGE, Sir Arthur.The Dramatic Festivals of Athens.2nd Edition Revised by John Gould and D. M. Lewis. Oxford: Clarendon Press, 1995.

PLUTARCH. Plutarch's Lives.With an English Translation by Bernadotte Perrin. Cambridge; London : Harvard University Press; William Heinemann, 1914.

PLUTARCO.Vidas Paralelas: Sólon e Publícola. Trad., introd. e notas Delfim Leão e José Luís Brandão. Coimbra: Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos, 2012.

PUCCI, Pietro. Il testo di Tirteo nel tessuto omerico. In: ROSCALLA, Fabio. L’autore e l’opera. Attribuzioni, appropriazioni, apocrifi nella Grecia antica. Pisa: Edizioni ETS, 2006, p. 22-41.

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

2017-03-17

Como Citar

SILVA, R. G. T. Sólon e os limites da mimese. Rónai – Revista de Estudos Clássicos e Tradutórios, [S. l.], v. 4, n. 2, p. 54–61, 2017. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/ronai/article/view/23172. Acesso em: 14 jul. 2024.

Edição

Seção

Dossiê: XXIV Semana de Estudos Clássicos da UFJF

Artigos Semelhantes

1 2 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.