ABORDAGEM SOBRE ISTS EM UMA ESCOLA PÚBLICA DE CARATINGA-MG

Autores

DOI:

https://doi.org/10.34019/2675-4126.2020.v1.25589

Palavras-chave:

Adolescência, IST, Método contraceptivo

Resumo

As infecções sexualmente transmissíveis (IST)s são um dos problemas mais comuns de saúde pública e também um fator de diminuição da fertilidade. Os casos dessas infecções, apresentam um número importante principalmente entre os adolescentes. Os números divulgados estão abaixo da estimativa, dado que apenas a HIV/AIDS e a sífilis são de notificação compulsória. É precoce a vida sexual na adolescência, por isso o despreparo e o risco de infecções sexualmente transmissíveis podem ocorrer muitas vezes por falta de informação ou pela influência de fantasias, as quais se deparam nesta fase da vida. Neste estudo, objetivou-se analisar qualitativamente o conhecimento dos adolescentes sobre as ISTs, métodos contraceptivos e sexualidade, antes e após a intervenção educacional ativa em uma escola pública na cidade de Caratinga, MG. A análise do conhecimento prévio consistiu em um debate, onde questionamentos foram feitos e as respostas analisadas. De acordo com os resultados obtidos durante a análise do conhecimento prévio, foi formulada junto com dois profissionais de fisioterapia, uma palestra informativa. Para a análise do conhecimento adquirido, além de um outro debate, foi aplicada uma atividade de palavras cruzadas. Conforme o processo de análise dos dados da intervenção educacional constatou-se que os alunos possuíam grande dificuldade com o tema ISTs, onde questões simples foram respondidas de maneira errônea. Entretanto, após o processo de intervenção educacional, notou-se uma significativa melhora do conhecimento dos alunos. Portanto é imprescindível que a escola utilize estratégias educativas ativas, voltadas a atender as principais dificuldades dos alunos, visto que uma intervenção mais ativa, onde o aluno é protagonista do de seu aprendizado, tem impacto direto na construção de seu conhecimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Keley Cristina Gualberto Franco

Graduada em Ciências Biológicas pelo Centro Universitário de Caratinga, UNEC-MG (2013) com Especialização em Ensino de Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Juiz de Fora (2018). Trabalhou como Professora de Educação Básica do Componente Curricular Ciências e Biologia pela Secretaria de Educação do Estado de Minas Gerais. Lecionou o conteúdo Meio Ambiente do Programa Reinventando o Ensino Médio (REEM).

Patricia Elaine Almeida

Graduada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Juiz de Fora; Mestrado e Doutorado (área de concentração em Imunologia) pelo programa de Biologia Celular e Molecular, Instituto Oswaldo Cruz. FIOCRUZ/RJ. Obteve seu primeiro pós-doutorado no Lab. Imunofarmacologia IOC/FIOCRUZ/RJ, bolsista PNPD/CNPq e o segundo pós-doutorado na Universidade de Maryland/Washington/USA, pelo programa de Biologia Celular da CAPES. Atualmente é professora adjunta no Lab. Biologia Celular, Chefe do Departamento de Biologia, Vice-Coordenadora do Curso de Ciências Biológicas e orientadora do Mestrado Profissional em Biologia (PROFBIO) e do Curso de Pós-graduação em Ciências Biológicas. Imunologia/Genética e Biotecnologia da UFJF. Atuando nos seguintes temas: Biologia Celular da Inflamação: Vias de sinalização de receptores da Imunidade Inata e Receptores Nucleares envolvidos na resposta à patógenos intracelulares; estuda mecanismos da resposta inflamatória e metabolismo lipídico em modelos de comorbidade Obesidade-Tuberculose, Obesidade-Doença de Chagas e Obesidade-Dengue. Em paralelo estudo o impacto dos mecanismos de reparo de membranas durante infecções por patógenos intracelulares no imunometabolismo do hospedeiro.

Breno Moreira

Sou Graduado em Ciências Biológicas (Bacharelado e Licenciatura) pela Universidade Federal de Juiz de Fora - MG / Brasil (2011), Mestre em Ecologia Aplicada à Conservação e Manejo de Recursos Naturais - UFJF (2014), Doutor em Ecologia Aplicada à Conservação e Manejo de Recursos Naturais - UFJF (2017). Tenho experiência na área de Botânica e Ecologia, com ênfase em Ecologia Vegetal, nos seguintes temas: ecologia de comunidades (levantamentos quantitativos e qualitativos de componentes lenhosos - florística e fitossociologia, dinâmica de comunidades e populações lenhosas, monitoramento de parcelas permanentes), fitogeografia, ecologia teórica, análises multivariadas, recuperação/restauração florestal. Trabalhei como professor efetivo da rede estadual de ensino de Minas Gerais. Sou Vice Diretor do Jardim Botânico da Universidade Federal de Juiz de Fora e atuo em projetos de docência, educação ambiental e educação a distância.

Arquivos adicionais

Publicado

2020-06-02

Como Citar

Franco, K. C. G., Almeida, P. E., & Moreira, B. (2020). ABORDAGEM SOBRE ISTS EM UMA ESCOLA PÚBLICA DE CARATINGA-MG. Lynx, 1(1). https://doi.org/10.34019/2675-4126.2020.v1.25589