INTERCULTURALIDADE NO BRASIL: ENTRE POLÍTICAS, EXCLUSÕES E RESISTÊNCIAS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22195/2447-524620202532906

Resumo

Nesse artigo, analisamos o processo de construção de políticas voltadas à diversidade cultural no sistema educacional brasileiro. Parece-nos profícuo repensar a diversidade no contexto escolar à luz das potencialidades, desafios, obstáculos que todo educador enfrenta e precisa desenvolver para efetuar processos educativos que considerem e valorizem as diferenças culturais. Para possibilitar uma reflexão sobre o cenário etnocultural brasileiro, buscamos evocar o processo histórico que culminou em desigualdades ainda não solucionadas em relação à população indígena e negra; discutimos as políticas direcionadas às diferenças, direcionadas aos grupos que permanecem subalternizados desde o período colonial; e, apontamos alguns possíveis caminhos de superação das desigualdades não superadas, rumo a mudanças de paradigmas no que tange à gestão e valorização da diversidade etnocultural no sistema educacional brasileiro.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mylene Cristina Santiago, Universidade Federal Fluminense

Doutora em Educação UFRJ. Professora Adjunta do Departamento SSE, Faculdade de Educação/UFF.

Downloads

Publicado

2020-12-21

Edição

Seção

Artigos