UM DIÁLOGO ENTRE O ACESSO AO CONHECIMENTO E A EXCLUSÃO NO ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA

  • Helen Vieira de Oliveira Universidade de Lisboa
Palavras-chave: Currículo, Paradigma, Exclusão Escolar, Língua Portuguesa, Formação de Professores

Resumo

Defendemos que as concepções pedagógicas estão diretamente relacionadas com os paradigmas que sustentam o pensamento e as formas de representar o mundo. A partir da história da pré-modernidade à pós-modernidade, buscaremos compreender os diferentes currículos que foram se desenhando e seus processos de exclusão. Ao longo do tempo, observamos que a forma de exclusão vai fundamentando-se à proposta de currículo usada. Este artigo visa realizar uma análise de como ocorreu o acesso ao saber ao longo do tempo, entendendo que tal processo se dá a partir de um contexto histórico, o qual, de forma direta, interferiu e ainda interfere nas práticas curriculares presentes na educação formal. Esta construção servirá como base para a análise do ensino de Língua Portuguesa e o processo de exclusão escolar que ocorre no espaço escolar.

Biografia do Autor

Helen Vieira de Oliveira, Universidade de Lisboa

Doutoranda em Educação na Universidade de Lisboa

Professora Contratada da Faculdade de Educação - UFRJ (Departamento de Didática)

Psicopedagoga na PUC-Rio

Pesquisadora Colaboradora do Grupo de Pesquisa Linguagem, Cognição Humana e Processos Educacionais - UERJ

 

Publicado
2019-04-30
Seção
Artigos