HINÁRIO NACIONAL: REPRESENTAÇÕES DA VIOLÊNCIA NO BRASIL CONTEMPORÂNEO, NA OBRA DE MARCELLO QUINTANILHA

Autores

  • Lucas Fazola Miguel Letras UFJF

DOI:

https://doi.org/10.34019/1983-8379.2021.v14.36327

Resumo

O presente artigo tem por objetivo analisar as representações pictóricas do corpo em meio
à violência, a partir de três contos extraídos do livro em quadrinhos Hinário Nacional, de Marcello Quintanilha. Como referencial teórico, foram utilizados os pressupostos de Bordieu (2001), Groensteen (2015), McCloud (2005) e Rancière (2012; 2017), entre outros.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-03-16