Entre becos e vielas

Jenyffer Nascimento e a (des) construção do feminino

  • Fernando Reis de Sena

Resumo

O estudo analisa a representação do feminino em Jenyffer Nascimento a partir dos poemas “Antítese” e “Ventre livre”, da antologia Terra Fértil (2014). Objetiva revisar os conceitos de desconstrução, de Jacques Derrida (1973) e gênero, de Judith Butler (2008). Percebeu-se que a escrita da poetisa apresenta a função de dessacralização no sentido de deslocar a lógica estruturada pelo masculino ao representar sua coletividade marginalizada.

Publicado
2019-09-23
Seção
Artigos