Aprendizagem na Gestão Pública Municipal para o Desenvolvimento Turístico

Palavras-chave: Administração Pública, ICMS Turístico, Políticas Públicas, Turismo.

Resumo

O artigo tem o objetivo de caracterizar o processo de aprendizagem da gestão pública municipal para a habilitação em uma política que confere recursos financeiros aos municípios com uma certa organização para o Turismo, a política do ICMS turístico. Os procedimentos metodológicos consistiram no uso de uma abordagem qualitativa, estudo de caso no departamento de turismo do município de Viçosa, Minas Gerais e entrevista em profundidade com roteiro semiestruturado que foi analisado por meio da técnica análise de conteúdo. Os resultados apontam dados sobre a aprendizagem social e organizacional, os atores, objetos e efeitos no processo de aprendizagem e a percepção da gestão pública  a respeito do desenvolvimento turístico. De modo geral, a gestão pública do turismo experimentou um estado de aprendizagem do gestor público com novas condutas e posturas na condução das atividades turísticas, por meio da iniciativa de sistematização e consolidação das práticas no setor. A gestão encontra-se sensibilizada para a tomada de decisão em conjunto com os atores afins ao turismo, porém com desafios para a concretização da integração de diferentes setores e aumento do reconhecimento do turismo em um munícipio com uma imagem turística ainda não consolidada. Conclui-se que a atuação do poder público no setor turístico de Viçosa tem passado por um desenvolvimento, o qual se reflete na integração das iniciativas de consolidação da oferta turística na cidade, bem como, a organização do turismo local. O ICMS turístico tem subsidiado financeiramente as modificações e induzido a aprendizagem na gestão pública.

Biografia do Autor

Brendow de Oliveira Fraga, Universidade Federal de Viçosa - UFV
Mestrando em Administração na Universidade Federal de Viçosa – UFV e Membro do Grupo de Investigação em Gestão e Desenvolvimento de Territórios Criativos/CNPq.
Alice Rodirgues Borges Lazaroni, Rede DOCTUM de Ensino
Professora na Rede DOCTUM de ensino. Mestre em Administração, UFV. Membro do Grupo de Investigação em Gestão e Desenvolvimento de Territórios Criativos/CNPq.
Magnus Luiz Emmendoerfer, Universidade Federal de Viçosa / UFV
Professor do Programa de Pós-Graduação em Administração (PPGAdm) do Departamento de Administração da Universidade Federal de Viçosa – UFV e Líder do Grupo de Investigação em Gestão e Desenvolvimento de Territórios Criativos/CNPq. Endereço: Campus UFV – Departamento de Administração e Contabilidade – CEP 36570-000 – Viçosa - MG. Telefone: +55 31 3899-2886
Gilberto Maurício Frade da Mata, Universidade Federal de Juiz de Fora. Universidade Federal de Viçosa
Mestrado e Bacharelado em Administração pela Universidade Federal de Viçosa. Membro do Observatório Econômico e Social do Turismo (OEST/UFJF), Centro Latino-Americano de Turismologia (CELAT/UFJF), Gestão e Desenvolvimento de Territórios Criativos (GDTEC/UFV)

Referências

BARDIN, L. Análise de conteúdo. 5. ed. Lisboa: Edições, 70, 2015.
BRAMWELL, B.; SHARMAN, A. Collaboration in local tourism policymaking. Annals of tourism research, v. 26, n. 2, p. 392-415, 1999.
CASTROGIOVANNI, A. C. Turismo, Organização e Reconstrução do Espaço Urbano Contemporâneo. Rosa dos ventos, v. 5, n. 10, p. 381-389, 2013.
CHAGAS, M. M. Imagem de destinos turísticos: Uma discussão teórica da literatura especializada. Turismo-Visão e Ação, v. 10, n. 3, p. 435-455, 2008.
EGAN, G. The Skilled Helper: International Edition. Monterey, CA: Wadsworth, 2009.
EMMENDOERFER, M. L.; SILVA, F. C.; LIMA, A. A. T. F. C. Inovação social na gestão pública do turismo: uma análise dos circuitos turísticos em Minas Gerais. In: Pimentel, T. D.; Emmendoerfer, M. L.; Tomazzoni, E. L. Gestão pública do turismo no Brasil: teorias, metodologias e aplicações. Caxias do Sul, RS: Educs, p.463-486, 2014.
FERRÃO, J. O ordenamento do território como política pública. 2. ed. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian., 2014.
FRAGA, B. O.; ALVES, C. L.; EMMENDOERFER, M. L. Análise do processo de planejamento público do turismo pelo governo municipal numa cidade sem tradição na organização do setor. Revista Turismo & Desenvolvimento, v. 5, n. 21, p. 197-198, 2014.
LIMA, J. O.; SILVA, A. B. O Significado de 'ser servidor público' à luz da Aprendizagem Transformadora. RACE - Revista de Administração, Contabilidade e Economia (Online), v. 13, n.1, p. 97-122, 2014.
MINAS GERAIS. Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais- ICMS Turístico. Disponível em: . Acesso em 05 Mai, 2015.
PEREIRA, D. O.; PIMENTEL, M. C. P. Elaboração da Política de Estado de Turismo de Minas Gerais: contexto e influências. Revista do V Simpósio de Pesquisa e Inovação/IV Seminário de Iniciação Científica do IF Sudeste MG-Câmpus Barbacena v. 1, n. 1, 2014. Disponível em: Acesso em 9 abr, 2015.
PIMENTEL, M. R. A experiência Turística e a Imaginabilidade da paisagem urbana. Rosa dos ventos, v. 5, n. 10, p. 421-428, 2013.
PIMENTEL, Mariana Pereira Chaves. A dimensão institucional das políticas públicas de turismo no Brasil. PIMENTEL, TD; EMMENDOERFER, ML; TOMAZZONI, EL Gestão Pública do Turismo no Brasil: teorias, metodologias e aplicações. Caxias do Sul (RS): EDUCS, p. 15-38, 2014.
SECCHI, L. Políticas Públicas: conceitos, esquemas de análise, casos práticos. São Paulo, Cengage Learning., 2010.
SETTE, I. R.; VALLE, M. I. M.; COUTINHO, M. P. C. O Programa de Regionalização do Turismo de Minas Gerais: uma abordagem da política pública estadual de turismo. Revista Turismo em Análise, v. 25, n. 3, p. 608-627, 2014.
SILVA, M. D. G.; MIRANDA, E. A. Planejamento do turismo para o desenvolvimento local. Revista brasileira de planejamento e desenvolvimento, v. 2, n. 2, p. 94-103, 2014.
SILVA, G. A. B.; PASSADOR, J. L. Redistribuição fiscal para o desenvolvimento turístico local e regional. Revista de Administração Pública, v. 50, n. (4, p.), 587-610, 2016. Disponível em: http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/rap/article/view/63585.
YIN, R. K. Estudo de caso. 4. ed. Porto Alegre: Bookman, 2010.
ZITO, Anthony R.; SCHOUT, Adriaan. Learning theory reconsidered: EU integration theories and learning. Journal of European Public Policy, v. 16, n. 8, p. 1103-1123, 2009.
Publicado
2017-02-10
Seção
RESULTADOS DE PESQUISA EMPÍRICA / EMPIRICAL RESEARCH RESULTS / RESULTADOS DE INVESTIGACIÓN EMPÍRICA