Impactos da Pandemia de Covid-19 no Segmento Ecoturístico no Estado do Amazonas, Brasil

Autores

DOI:

https://doi.org/10.34019/2238-2925.2021.v11.31517

Resumo

A pandemia de COVID-19 afetou o turismo no mundo inteiro. Este artigo avalia os impactos da pandemia em empresas e profissionais relacionados ao ecoturismo no estado do Amazonas, Brasil. Para tanto, enviamos um questionário estruturado online para trabalhadores do setor, cuja participação foi voluntária e anônima. Obtivemos 44 respostas oriundas de sete macrorregiões do Estado, sendo a maioria composta por guias e trabalhadores atuantes no mercado há mais de 15 anos. Para 91% dos respondentes, a pandemia afetou totalmente o faturamento pessoal ou da empresa. Estratégias para minimizar os impactos foram adotadas em 97% dos casos, como cancelamento ou remarcação de data. A previsão de faturamento no restante de 2020 era muito alta para 38,6% dos respondentes. A previsão de recuperação orçamentária é de ao menos dois anos para 43,2% dos casos. Os profissionais ligados ao ecoturismo no Amazonas foram afetados em suas atividades e a perspectiva é de uma recuperação lenta, acarretando vulnerabilidade da atividade. A atual imagem do Brasil no exterior, referente à fraca implementação de ações mitigadoras dos efeitos da pandemia, representa um risco para a atividade no Amazonas. Políticas públicas são essenciais para a recuperação do ecoturismo e para a valorização dos diferentes atores e empreendimentos relacionados a este segmento turístico. 

Palavras-chave: Amazônia. Coronavírus; Isolamento Social; Turismo; Unidade de Conservação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcelo Derzi Vidal, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade - ICMBio

Doctor in Biodiversity and Conservation/UFAM (2018). Master in Ecology/INPA (2003). Degree in Biology/UFAM (2001). Researcher at National Center for Research and Conservation of Sociobiodiversity Associated with Traditional Peoples – CNPT/ICMBio. Orcid Id: http://orcid.org/0000-0002-9434-7333  [ marcelo.vidal@icmbio.gov.br ]

Fernanda Pozzan Paim, Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá

Doctor in Ecology, Conservation and Wildlife Management/UFMG (2017). Master in Zoology/MPEG (2008). Degree in Biology/UNISINOS (2004). Researcher at Mamirauá Institute of Sustainable Development – IDSM. Orcid Id: http://orcid.org/0000-0002-1722-273X [ feppaim@gmail.com ]

Pedro Meloni Nassar, Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá

Master in Management of Amazon Protected Areas/INPA (2013). Degree in Biology/UNICAMP (2005). Technician at Mamirauá Institute of Sustainable Development – IDSM. Orcid Id: http://orcid.org/0000-0001-8452-5995 [ pedromnassar@gmail.com ]

Susy Rodrigues Simonetti, Universidade do Estado do Amazonas

Doctor and Master in Environmental Science and Sustainability in the Amazon/UFAM (2015, 2004). Degree in Tourism/IMES (2000). Professor in Tourism Department at Amazonas State University – UEA. Orcid Id: http://orcid.org/0000-0002-1117-647X  [ ssimonetti@uea.edu.br ]

Downloads

Publicado

2021-06-24

Como Citar

Vidal, M. D., Pozzan Paim, F., Meloni Nassar, P., & Rodrigues Simonetti, S. (2021). Impactos da Pandemia de Covid-19 no Segmento Ecoturístico no Estado do Amazonas, Brasil. Anais Brasileiros De Estudos Turísticos - ABET, 11(Single). https://doi.org/10.34019/2238-2925.2021.v11.31517