Terminologia Turística em Textos Promocionais

  • Adonay Custódia dos Santos Moreira CICS.NOVA.IPLeiria Instituto Politécnico de Leiria
Palavras-chave: Terminologia, Turismo, Marketing turístico, Tradução técnica

Resumo

O objetivo deste artigo é apresentar o estado atual da investigação em Portugal acerca da terminologia do turismo e enquadrar o nosso trabalho no âmbito dos estudos e recursos linguísticos existentes. Pretende-se ainda analisar a terminologia que consta numa base de dados terminológica do turismo, que contém 1110 termos em português e 1547 traduções em inglês. Esta base de dados foi constituída a partir de textos turísticos de caráter promocional recolhidos em brochuras, guias e sites das Regiões de Turismo, Agências Regionais de Promoção Turística (ARPTs) e Direções Regionais de Turismo (DRTs) das Regiões Autónomas da Madeira e dos Açores.

Biografia do Autor

Adonay Custódia dos Santos Moreira, CICS.NOVA.IPLeiria Instituto Politécnico de Leiria
Doutorada em Tradução pela Universidade de Vigo (2010) e mestre em Estudos Anglo-Americanos pela Universidade de Coimbra (1998). É professora-adjunta na Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Leiria, onde leciona desde 1995. Integra o centro de investigação CICS.NOVA.IPLeiria (Centro Interdisciplinar de Ciências Sociais).

Referências

CARVALHO, N. Terminologia do Turismo Português do Brasil. Pesquisa dos Usos Terminológicos do Turismo na Cidade do Recife. 1996. Disponível em: . Acesso em: 1 de junho de 2016.

CLUL. Centro de Linguística da Universidade de Lisboa. 2010. Disponível em: . Acesso em: 1 de junho de 2016.

CLUNL. Centro de Linguística da Universidade Nova de Lisboa. 2007. Disponível em: . Acesso em: 1 de junho de 2016.

DOMINGUES, C. Dicionário Técnico de Turismo. Lisboa: Dom Quixote, 1990.

DOMINGUES, C. Prontuário Turístico. Lisboa: Instituto Nacional de Formação Turística, 1997.

FUNDAÇÃO PARA A COMPUTAÇÃO CIENTÍFICA NACIONAL. Linguateca. 2000. Disponível em: . Acesso em: 1 de junho de 2016.

GÓMEZ CLEMENTE, X. M.; GÓMEZ GUINOVART, X. (Coord.). Termoteca – Banco de Datos Terminolóxico da Universidade de Vigo. Vigo: Universidade de Vigo, 2006. Disponível em: . Acesso em: 1 de junho de 2016.

ILTEC. Instituto de Linguística Teórica e Computacional. 1988. Disponível em: . Acesso em: 1 de junho de 2016.

LIMA, A. I. Para uma Análise Contrastiva da Neologia do Turismo. Terminologias, 2, p. 61-85, 1990a.

LIMA, A. I. Vocabulário do Turismo: Banalização ou Especialização? Uma Abordagem do Vocabulário da Imprensa Especializada do Turismo, através da sua Terminologia e Neologia. Terminologias, 1, p. 62-92, 1990b.

LIMA, A. I. Urgência de uma Terminologia do Turismo: Situação Actual e Descrição de um Projecto em Curso. Terminologias, 5/6, p. 77-91, 1992.

LINO, M. T. Terminologia do Turismo. Terminologias, 5/6, p. 69-76, 1992.

MARRAFA, P. et al. LexTec. Léxico Técnico do Português: Ambiente, Banca, Comércio, Construção Civil, Direito Comercial Internacional, Economia e Gestão de Empresas, Energia, Seguros, Turismo, Telecomunicações. Instituto Camões, 2009. Disponível em: . Acesso em: 1 de junho de 2016.

MINISTÉRIO DA ECONOMIA E DA INOVAÇÃO. Plano Estratégico Nacional do Turismo. Para o Desenvolvimento do Turismo em Portugal. Lisboa: Turismo de Portugal, I.P., 2007.

MOCHO, M. C. Neologismos Terminológicos no Domínio do Turismo. Terminologias, 1, p. 93-107, 1990.

RABELO, R. A. Observações sobre a terminologia do turismo. 1990. Disponível em: . Acesso em: 1 de junho de 2016.

REGIÃO DE TURISMO DO ALGARVE. Seminário Sobre Turismo. Terminologia Turística, 4. Faro: Região de Turismo do Algarve, 1990.

SILVA, R. A socioterminologia no turismo no espaço rural. Tese de mestrado. Lisboa: Universidade Nova de Lisboa, 1998.

TEUBERT, W. The Role of Parallel Corpora in Translation and Multilingual Lexicography. In: ALTENBERG, B.; GRANGER, S. Granger (Eds.). Lexis in Contrast: Corpus-Based Approaches in Corpus Linguistics, 7. Amsterdam – Philadelphia: John Benjamins Publishing Company, 2002. p. 189-214.

UNWTO. World Tourism Organization. Why Tourism? 1974. Disponível em: . Acesso em: 1 de junho de 2016.
Publicado
2016-09-30
Seção
RESULTADOS DE PESQUISA EMPÍRICA / EMPIRICAL RESEARCH RESULTS / RESULTADOS DE INVESTIGACIÓN EMPÍRICA