Contribuições de Projetos Privados para a Garantia do Direito ao Lazer, por Meio de Negócios Sociais e do Empreendedorismo Social

  • Douglas Silva Ribeiro Universidade de São Paulo/USP
  • Edegar Luis Tomazzoni Universidade de São Paulo/USP
Palavras-chave: projetos provados, lazer, empreendimento social, negócio social.

Resumo

Buscou-se analisar a contribuição de um projeto da iniciativa privada na fundação de negócios sociais e no favorecimento do empreendedorismo social. Especificamente, buscou-se verificar se valida-se a hipótese, de que um projeto de iniciativa privada poderia contribuir para: a fundação de negócios sociais; a educação; o surgimento de empreendedores sociais em lazer; e a fundação de outros negócios sociais que sejam de interesse da comunidade. As ações do projeto voltaram-se ao Lazer na comunidade de Paraisópolis, na cidade de São Paulo (SP). Para elaboração desta pesquisa, de caráter qualitativo, realizaram-se revisão bibliográfica, para fundamentar o estudo de caso, entrevistas com os diretores da organização que atua na comunidade, a “Associação Crescer Sempre”, que é resultado de projeto de iniciativa privada. Os resultados evidenciam que a “Associação Crescer Sempre” contribui para o surgimento de negócios sociais, proporcionando embasamento e capacitação aos empreendedores sociais para o lazer em Paraisópolis. Desta forma, pode-se concluir que um projeto de iniciativa privada pode efetivamente contribuir para o surgimento de negócios sociais e de empreendedores sociais – voltados à educação, e de outros negócios sociais de interesse da comunidade – e que iniciativas deste tipo podem cumprir papel social, melhorando a qualidade de vida, propiciando alternativas para surgimento de novos projetos da própria população local, ajudando também na garantia do direito ao lazer.

Palavras-chave: projetos provados; lazer; empreendimento social; negócio social.

Biografia do Autor

Edegar Luis Tomazzoni, Universidade de São Paulo/USP
Docente da Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH), da Universidade de São Paulo (USP). Doutor em Ciências da Comunicação  com Ênfase em  Turismo e Desenvolvimento Regional pelo Programa de Pós-graduação em Ciências da Comunicação, ECA-USP – Universidade de São Paulo.

Referências

AUSTIN, J.; STEVENSON, H.; WEI-SKILLERN, J. Social and commercial entrepreneurship: same, different, or both? Entrepreneurship theory and practice, v. 30, n. 1, p. 1-22, 2006.
COMINI, G.; BARKI, E.; AGUIAR, L. T. A three-pronged approach to social business: a Brazilian multi-case analysis. Revista de Administração (São Paulo), v. 47, n. 3, p. 385-397, 2012.
COOK, S. W. Métodos de pesquisa nas relações sociais. vol. 1. Delineamentos de pesquisa, 1987.
DA SILVA, P. C. R. Práticas sustentáveis de empreendedorismo social. Editora, Local, data ?
DEES, J. G. Enterprising Nonprofits. Harvard Business Review, January-February, 1998.
DEHEINZELIN, L. Economia Criativa e Empreendedorismo Cultural. Disponível em Acessado em 5 de dezembro de 2013.
DURKHEIM, E. O que é um fato social. In: ___________. As regras do método sociológico. São Paulo: Abril Cultural, p. 87-109, 1978.
GODÓI-DE-SOUSA, E.; FISCHER, R. M. The succession process at social enterprises in Brazil. Revista de Administração (São Paulo), 47(3), 473-488, 2012.
MANCINI , R. F.; YONEMOTO, H. W. Considerações Acerca do Empreendedorismo Social no Desenvolvimento da Sociedade Sustentável. ETIC – Encontro de Iniciação Científica. Vol. 6, No 6 (2010). Disponível em Acessado em 05 de Dezembro de 2013.
MELO NETO, F. P.; FROES, C. Empreendedorismo social - a transição para a sociedade sustentável. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2002.
Naigeborin, V. Negócios Socias: um modelo em evolução. São Paulo. Artemisia, Ago. 2010.
NASSER, J. M. Comunidades de Desenvolvimento. Avia Internacional, 2002.
OLIVEIRA, E. M. Empreendedorismo social no Brasil: atual configuração, perspectivas e desafios–notas introdutórias. Revista da FAE, v. 7, n. 2, p. 9-18, 2004. Disponível em Acessado em 5 de dezembro de 2013.
RIMOLI, C. A., ANDREASSI, T., GOUVÊA, R., ZANATTA, J. B. Reflexões sobre Empreendedorismo: Estudo de Casos de Empresas de Sucesso e Insucesso. In: XXVIII Encontro Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Administração. Anais …., Curitiba, 2004.
YIN, R. K. Case Study Research - Design and Methods. SagePublications Inc., USA, 1989.
Yin, R. K.; Grassi, D. Estudo de caso. Editora, Local, 2005.
Yunus, M. Creating a world without poverty: Social business and the future of capitalism. PublicAffairsStore, 2007.
Publicado
2014-10-31
Seção
PESQUISA EMPÍRICA / EMPIRICAL RESEARCH / INVESTIGACIÓN EMPÍRICA