Encontros turísticos: refl exões sobre o turismo através da subjetividade do turista

  • Vera Maria Guimarães

Resumo

O presente artigo pretende contribuir com algumas reflexões sobre o “turismo”, enquanto categoria de análise nas Ciências Sociais. Destaca-se o fenômeno turístico enquanto processo, enfatizando-se seu caráter sociocultural e relacional, em contraposição aos aspectos economicistas, técnicos e estáticos da concepção de turismo, que muitas vezes, limitam a interpretação deste fenômeno. O turismo, enquanto processo, envolve um conjunto de relações sociais concretizadas pelas práticas turísticas. A percepção destaspráticas em suas dimensões subjetivas é um dos caminhos possíveis em pesquisas nesta área. Neste sentido, alguns estudos têm enfatizado, como possibilidade de pesquisa, um enfoque que dê conta de aspectos mais subjetivos das práticas turísticas que envolvam as motivações do turista e a questão do “self”. Estas discussões estão presentes em abordagens antropológicas do turismo, mas também, em outras áreas das Ciências Sociais. Neste sentido, este tipo de abordagem problematiza o que vem a ser o turista e onão turista cujas identidades são fluidas e efêmeras. Autores, como Abram e Waldren (1997), entre outros, destacam a importância da análise das relações sociais nos estudos do turismo, sob o agrupamento do que se poderia chamar “encontros turísticos”. A concepção de encontros turísticos pode ser também encontrada em Crouch (2001), e outros, numa abordagem da Geografia Humana. Neste sentido, parte-se aqui da concepção de “encontros turísticos” como expressão que possibilitaria uma percepção maisprocessual da atividade turística e captadora de seu caráter dinâmico e fluido. A ideia de “encontros turísticos” pode representar o próprio encontro do turista consigo mesmo. Tendo em vista as discussões em questão, o artigo também toma como referência alguns depoimentos de turistas em temporada de verão, em Florianópolis/SC.
Publicado
2012-11-27
Seção
RESULTADOS DE PESQUISA EMPÍRICA / EMPIRICAL RESEARCH RESULTS / RESULTADOS DE INVESTIGACIÓN EMPÍRICA