Visões Qualitativas dos Atores da Vesperata em Diamantina/MG e suas possibilidades diante da teoria do marketing de destinos

  • Carlos Eduardo Silveira
  • Juliana Medaglia
  • Maria de Lourdes Santos Ferreira
  • Viviane Cristina de Paula

Resumo

A Vesperata é um evento musical periódico que acontece no centro histórico de Diamantina/MG, ao ar livre, durante os meses de baixa pluviosidade (entre março e outubro). Por sua qualidade e singularidade ajudou a cidade a alcançar o título de Patrimônio Cultural da Humanidade da UNESCO e, ao longo dos anos, confi gurou-se como o principal produto turístico do destino. Sua forma de organização e, especialmente, de comercialização tem sido alvo de conflitos recentes, demandando a criação de um grupo de trabalho para discuti-la, o que levou à compreensão da necessidade de conhecer-se mais a percepção de cada ator do processo acerca do produto. Este artigo é fruto da pesquisa cujo objetivo foi construir uma visão qualitativa e holística da Vesperata a partir das percepções dos atores envolvidos no evento, sendo de caráter exploratório e do tipo qualitativa, que teve como método de coleta entrevistas semiestruturadas aplicadas em grupos de discussão conformados de acordo com os atores envolvidos na Vesperata. Ao analisar os resultados da pesquisa à luz da teoria de marketing de destinos, chegou-se a um Produto em um ponto entre Maturidade e Saturação e que apresenta sérios problemas de comunicação entre os atores envolvidos.
Publicado
2012-11-27
Seção
RESULTADOS DE PESQUISA EMPÍRICA / EMPIRICAL RESEARCH RESULTS / RESULTADOS DE INVESTIGACIÓN EMPÍRICA