A compreensão de números e operações numéricas no sistema de numeração decimal como referência para a prática pedagógic

Autores

Palavras-chave:

Currículo Escolar; Ensino-Aprendizagem, Sistema de Numeração Decimal

Resumo

Alunos do 6º ano da Educação Básica têm demonstrado desempenhos insatisfatórios quanto à aprendizagem e à consolidação de conceitos e operações matemáticas relacionadas ao Sistema de Numeração Decimal (SND), que nos levaram a realizar uma pesquisa com o objetivo de analisar dificuldades apresentadas por alunos de 6º ano no desenvolvimento de competências e habilidades relacionadas ao domínio de propriedades do SND, às ideias subentendidas nas operações de adição, multiplicação, subtração e divisão e aos seus respectivos algoritmos. As ações metodológicas caracterizam uma pesquisa de métodos mistos concomitantes. Os resultados mostraram que dificuldades relacionadas ao Sistema de Numeração Decimal demonstradas por esses alunos são maiores para a utilização de algoritmos quando comparadas com aquelas para identificar a operação matemática a que se referem. Concluímos que dificuldades demonstradas com algoritmos, em sua maioria, expressaram a não consolidação, por esses alunos de 6º ano, da aprendizagem sobre os conceitos de agrupamento e posicionalidade que compõem o Sistema de Numeração Decimal. Entendemos que estes resultados e conclusão possibilitam referenciar para a formação docente do professor de Matemática perspectivas para o ensino-aprendizagem de conceitos e operações relacionadas ao Sistema de Numeração Decimal e suas propriedades, dada  importância de se consolidar esses conceitos curriculares tanto para a continuidade nos estudos, como para uma plena convivência social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Referências

CARAÇA, B. J. Conceitos Fundamentais da Matemática. 5. ed. Lisboa: Gradiva, 2003.

LERNER, D.; SADOVSKY, P. O sistema de numeração: um problema didático. In: PARRA, Cecília; SAIZ Irmã; [et al] (Org.). Didática da Matemática: Reflexões Psicopedagógicas. Porto Alegre: Artes Médicas, 2001.

MACEDO, L. Competências e Habilidades: Elementos para uma Reflexão Pedagógica. In: Exame Nacional do Ensino Médio (Enem): fundamentação teórico-metodológica/Inep. Brasília: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (INEP), 2005.

NUNES, T; CAMPOS, T. M. M; MAGINA, S.; BRYANT, P. Educação Matemática 1: Números e Operações Numéricas. São Paulo: Cortez, 2005.

ORTON, A. Didáctica de las Matemáticas. 4. ed. Madrid: Ediciones Morata, 2003.

PARANHOS, R. ET AL. Uma introdução aos métodos mistos. Sociologias, Porto Alegre, ano 18, no 42, mai/ago 2016, p. 384-411.

SÃO PAULO (ESTADO). Secretaria da Educação. Currículo do Estado de São Paulo: Matemática e suas tecnologias / Secretaria da Educação; coordenação geral, Maria Inês Fini; coordenação de área, Nilson José Machado. – 1ª edição atual. – São Paulo : SE, 2011.72 p.

SÃO PAULO (ESTADO). Secretaria da Educação. Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo. São Paulo: SEESP, 2007. Disponível em: <https://www.educacao.sp.gov.br/saresp>. Acesso em: 16 set. 2017.

SÃO PAULO (ESTADO). Secretaria da Educação. Currículo Paulista. São Paulo: SEESP, 2019

TEIXEIRA, L. R. M. A Noção de Competência: uma Visão Construtivista. In: Eixos Cognitivos do Enem. Brasília: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), 2007.

VERGNAUD, G. A Criança, a Matemática e a Realidade. Curitiba: Editora UFPR, 2009.

Downloads

Publicado

2021-10-31

Como Citar

OLIVEIRA, R. G. de .; NASCIMENTO, C. A. do. A compreensão de números e operações numéricas no sistema de numeração decimal como referência para a prática pedagógic. Revista de Investigação e Divulgação em Educação Matemática , [S. l.], v. 5, n. 1, 2021. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/ridema/article/view/34540. Acesso em: 2 dez. 2021.

Edição

Seção

Artigos