A relevância da “Supervisão” na organização curricular dos mestrados na área

sua relação com outras disciplinas

  • Jane do Carmo Machado Universidade de Aveiro
  • Isabel Alarcão Universidade de Aveiro
Palavras-chave: Mestrado, Supervisão, Unidades curriculares, Áreas disciplinares, ECTS

Resumo

Este estudo tem por objetivo analisar os Mestrados em Supervisão e aqueles em que esta área seja especialidade de outros Mestrados em Educação/Ciências da Educação a partir dos planos curriculares (ou planos de estudos) de 13 Instituições de Ensino Superior em Portugal. As unidades curriculares, obrigatórias (obrigatórias e obrigatórias de supervisão) e opcionais (obrigatórias e condicionadas), são classificadas em 15 áreas disciplinares. Dos resultados pode-se inferir que o conceito de supervisão subjacente aponta para a formação inicial de professores e para o desenvolvimento profissional, com escassas referências à supervisão institucional.  O Sistema Europeu de Transferência e Acumulação de Créditos (ECTS) atribuídos às disciplinas de supervisão são apenas 17, 17% do total. Unidades curriculares com grande peso são investigação e avaliação. Nota-se a fraca presença de disciplinas de observação e relações interpessoais. A associação da supervisão à avaliação e a orientação prioritária para a supervisão pedagógica são aspetos comuns aos vários mestrados.

Biografia do Autor

Jane do Carmo Machado, Universidade de Aveiro

Desenvolvendo estudos de Pós-Doutorado na área de Supervisão Escolar na Universidade de Aveiro – Portugal. Doutora e Pós-Doutora em Educação pela Universidade Federal Fluminense. Mestre em Educação. Especialista em Administração e Supervisão Escolar. Foi Orientadora Escolar na rede pública e Professora do Programa de Pós- graduação em Educação da Universidade Católica de Petrópolis – RJ- Brasil. Autora e coautora de comunicações, palestras em eventos nacionais e internacionais e de artigos sobre a temática formação e trabalho docentes e supervisão.

Isabel Alarcão, Universidade de Aveiro

Licenciada em Letras, mestre em Currículo e Instrução e doutorada em Educação, professora catedrática aposentada da Universidade de Aveiro, onde exerceu os cargos de Vice-reitora e Reitora. Integra, desde a fundação, o CIDTFF. É membro da SPCE e do CIDInE. Autora de vários livros e artigos, conferencista frequentemente convidada, é conhecido o seu pensamento sobre o papel das Didáticas Específicas na formação de professores bem como o da Supervisão no desenvolvimento profissional dos professores e das escolas, numa perspetiva reflexiva. E-mail: ialarcao@ua.pt. Orcid: https://orcid.org/0000-0001-5356-0931.

 

 

Referências

COUTINHO, Clara Pereira. Metodologia de investigação em ciências sociais e humanas: Teoria e Prática. 2. ed, reimpressão. Coimbra: Almedina S.A., 2014.

INSTITUTO POLITÉCNICO DE CASTELO BRANCO – Escola Superior de Educação. Plano Curricular. Disponível em: https://www.ipcb.pt/esecb/ensino/mestrado-em-supervisao-e-avaliacao-escolar. Acesso em: 27 mai. 2019.

INSTITUTO POLITÉCNICO DE LISBOA – Escola Superior de Educação. Plano de Estudos. Disponível em: https://www.eselx.ipl.pt/oferta-formativa/mestrados/mestrados-pos-profissionalizacao/supervisao-em-educacao. Acesso em: 31 mai. 2019.

INSTITUTO POLITÉCNICO DO PORTO – Escola Superior de Educação. Planos de Estudos. Disponível em: https://www.ese.ipp.pt/cursos/mestrado/30001621. Acesso em: 26 mai. 2019.

INSTITUTO POLITÉCNICO DE VIANA DO CASTELO – Escola Superior de Educação. Plano de Estudos. Disponível em: http://www.ipvc.pt/mestrado-supervisao-pedagogica. Acesso em: 31 mai. 2019.

PORTUGAL. Diário da República. Decreto-Lei nº 74/2006, de 24 de março, alterado pelo Decreto-Lei nº 107/2008, de 25 de junho, Decreto-Lei nº 230/2009, de 14 de setembro e Decreto-Lei nº 115/2013, de 7 de agosto.

UNIVERSIDADE DE AVEIRO. Departamento de Educação e Psicologia. Plano curricular. Disponível em: https://www.ua.pt/dep/course/411/?p=4. Acesso em: 02 mai. 2019.

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA DO PORTO. Plano de Estudos. Disponível em: https://www.porto.ucp.pt/pt/central-oferta-formativa/mestrado-ciencias-educacao. Acesso em: 23 mai. 2019.

UNIVERSIDADE DE COIMBRA. Plano de Estudos. Disponível em: https://www.uc.pt/fpce/cursos/mestrados. Acesso em: 17 mai. 2019.

UNIVERSIDADE DE ÉVORA. Plano de Estudos. Disponível em: https://www.uevora.pt/estudar/cursos/mestrados?curso=2493#plano-estudos. Acesso em: 15 mai. 2019.

UNIVERSIDADE DE LISBOA – Instituto de Educação. Plano de Estudos. Disponível em: http://www.ie.ulisboa.pt/ensino/mestrados/mestrado-educacao/areas-especialidade/supervisao-orientacao-pratica-profissional. Acesso em: 02 mai. 2019.

UNIVERSIDADE LUSÓFONA DO PORTO. Plano de Estudos. Disponível em: https://www.ulp.pt/mestrados/ciencias-da-educacao. Acesso em: 23 mai. 2019.

UNIVERSIDADE DA MADEIRA. Plano Curricular. Disponível em: https://www.uma.pt/ensino/2o-ciclo/mestrado-em-ciencias-da-educacao-supervisao-pedagocia/. Acesso em: 23 mai. 2019.

UNIVERSIDADE DO MINHO – Instituto de Educação. Plano de Estudos. Disponível em: https://www.ie.uminho.pt/pt/Ensino/mestrados/Paginas/Mestrados-em-Ciencias-da-Educacao.aspx. Acesso em: 07 mai. 2019.

UNIVERSIDADE DE TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO (UTAD). Plano de Estudos. Disponível em: https://www.utad.pt/estudar/cursos/ciencias-da-educacao/. Acesso em: 15 mai. 2019.
Publicado
2020-06-30