Sub-otimização terapêutica da dislipidemia em portadores de aterosclerose coronariana significativa

Autores

  • José Marcos Girardi Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Annelisa Farah da Silva Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Felipe Chaves Andrade Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Vitor Barbosa Rodrigues Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Nádia Rezende Barbosa Raposo Universidade Federal de Juiz de Fora

Palavras-chave:

Aterosclerose, Lipoproteínas, Metas, Doença da Artéria Coronariana

Resumo

A aterosclerose é uma doença inflamatória complexa, de origem multifatorial, tendo a dislipidemia como importante fator de risco modificável para seu desenvolvimento. Neste estudo, foi avaliado o cumprimento de metas lipídicas em portadores de aterosclerose coronariana significativa, atendidos no Serviço de Cardiologia do Hospital Universitário de Juiz de Fora – MG (HU-UFJF), segundo as metas traçadas pela IV Diretriz Brasileira sobre Dislipidemias e Prevenção da Aterosclerose. Além da estatística descritiva, foram realizados o teste de análise de variância (ANOVA) seguido de teste post hoc de Tukey e o teste t de Student, admitindo-se nível de significância para p<0,05. Foram elegíveis 87 pacientes, sendo 63,2% do sexo masculino e 36,8% do sexo feminino, com idade média de 66,6 anos. Foram realizadas cirurgia de revascularização miocárdica (CRVM) em 46,0%, angioplastia transluminal percutânea coronária (ATPC) em 50,6% e ambos procedimentos em 3,4% dos pacientes. A prescrição de estatinas ocorreu em 87,1% dos pacientes, sendo a sinvastatina o fármaco mais frequentemente prescrito (71,2%), seguida pela atorvastatina (9,1%,), lovastatina (4,5%) e pravastatina (2,3%). As metas para LDL colesterol (LDL-C), não HDL colesterol (não HDL-C) e triglicerídeos (TG) foram cumpridas por 21,8%, 26,4% e 60,9% dos pacientes, respectivamente. Já para os níveis de HDL colesterol (HDL-C), 31,3% das mulheres e 50,9% dos homens apresentaram o cumprimento de metas. Os pacientes do sexo masculino cumpriram as metas para HDL-C e TG, enquanto os pacientes do sexo feminino tiveram apenas a meta para TG cumprida. Observou-se uma subutilização das estatinas e, em consequência, uma sub-otimização das metas preconizadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Marcos Girardi, Universidade Federal de Juiz de Fora

Universidade Federal de Juiz de Fora, Serviço de Cardiologia do Hospital Universitário (HU/UFJF) – Juiz de Fora, MG.

Annelisa Farah da Silva, Universidade Federal de Juiz de Fora

Universidade Federal de Juiz de Fora, Faculdade de Farmácia, Núcleo de Pesquisa e Inovação em Ciências da Saúde / Núcleo de Identificação e Quantificação Analítica (NUPICS/NIQUA) – Juiz de Fora, MG.

Felipe Chaves Andrade, Universidade Federal de Juiz de Fora

Universidade Federal de Juiz de Fora, Faculdade de Farmácia, Núcleo de Pesquisa e Inovação em Ciências da Saúde (NUPICS) – Juiz de Fora, MG.

Vitor Barbosa Rodrigues, Universidade Federal de Juiz de Fora

Universidade Federal de Juiz de Fora, Faculdade de Farmácia, Núcleo de Pesquisa e Inovação em Ciências da Saúde (NUPICS) – Juiz de Fora, MG.

Nádia Rezende Barbosa Raposo, Universidade Federal de Juiz de Fora

Universidade Federal de Juiz de Fora, Faculdade de Farmácia, Núcleo de Pesquisa e Inovação em Ciências da Saúde / Núcleo de Identificação e Quantificação Analítica (NUPICS/NIQUA) – Juiz de Fora, MG. Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, Departamento e Instituto de Psiquiatria, Laboratório de Neurociências LIM 27 – São Paulo, SP.

Downloads

Publicado

2012-03-23

Como Citar

1.
Girardi JM, Silva AF da, Andrade FC, Rodrigues VB, Raposo NRB. Sub-otimização terapêutica da dislipidemia em portadores de aterosclerose coronariana significativa. HU Rev [Internet]. 23º de março de 2012 [citado 14º de junho de 2024];37(2). Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/hurevista/article/view/1471

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)