A SENSIBILIZAÇÃO CORPORAL NAS AULAS DE DANÇA CLÁSSICA

  • Rosana Lobo Rosario Escola de Teatro e Dança da Universidade Federal do Pará
Palavras-chave: educação somática, sensibilização, dança clássica, ensino, aprendizagem

Resumo

Este artigo é parte integrante da tese de doutoramento em Artes, em andamento, na Universidade de Lisboa - Portugal, e tem como objetivo refletir sobre o processo de sensibilização corporal nas aulas de dança clássica desenvolvidas durante a investigação doutoral. Para a coleta de dados, fez-se uso da metodologia da investigação-ação com os estudantes do Curso Técnico de Dança Clássica da Escola de Teatro e Dança da Universidade Federal do Pará - ETDUFPA. Esses dados foram analisados à luz dos estudos da educação somática (Hanna, 1986; Fortin, 1999; Bolsanello, 2010), do conceito de sensibilização (Imbassaí, 2003) e da fenomenologia da percepção (Merleau-Ponty, 2015). Os resultados mostraram que o processo de sensibilização corporal nas aulas de dança clássica contribuiu para a percepção corporal dos participantes e para modificações dos padrões de movimento, o que traz à tona discussões a respeito da construção do conhecimento em dança clássica e de novas formas de fazer e pensar este ensino pautado no indivíduo. Conclui-se que o processo de sensibilização nas aulas de dança clássica prioriza o conhecimento voltado para a formação do bailarino como ser uno, integral, além de produzir subsídios epistemológicos sobre o processo de ensino e aprendizagem do movimento corporal.

Biografia do Autor

Rosana Lobo Rosario, Escola de Teatro e Dança da Universidade Federal do Pará
Doutora pela Universidade de Lisboa, e professora da Escola de Teatro e Dança da Universidade Federal do Pará dos Cursos Técnicos de Dança Clássica e Intérprete Criador. Desenvolve pesquisa nas áreas da Dança Clássica e Educação Somática.
Publicado
2019-04-30
Seção
Artigos