As Tecnologias da Informação e da Comunicação (TIC) na educação para todos

  • Amaralina Miranda Souza
Palavras-chave: Tecnologias. Educação. Mediação. Ensino e Aprendizagem.

Resumo

Ao refletir sobre a utilização da tecnologia na educação, devemos considerar a colaboração que a educação dá às melhorias sociais e como a tecnologia é importante como instrumento para alcançar estes fins, desde que seus usuários se utilizem dela para conduzir finalidades e valores adequados à sua realidade. Nesse sentido é necessário pensar uma escola que, efetivamente, acolha a todos os alunos e seja administrada de uma forma a favorecer os diferentes processos de ensino e de aprendizagem. O sucesso do processo educacional está diretamente ligado à possibilidade de se reconhecer as diferenças que existem na sala de aula e aceitá-las, respeitando estas diferenças e oportunizando os recursos necessários para que todos os alunos tenham acesso a todos os níveis de ensino. Esse artigo traz reflexões sobre o uso das tecnologias como apoio ao trabalho do professor para responder à diversidade de demandas educacionais dos alunos. Apresenta considerações sobre as Tecnologias Assistivas (TA) e o Software Educativo (SE) Hércules e Jiló, construídos para apoiar o trabalho do(a) professor(a) na construção de novas estratégias pedagógicas, voltadas para o atendimento às necessidades educacionais específicas de todos os alunos.

Biografia do Autor

Amaralina Miranda Souza
Doutora em Ciências da Educação pela Universidad Nacional de Educación a Distancia – UNED – Espanha (2006). Mestre em Educação Especial, pela Universidade de Salamanca – Espanha (2000). Especialista na área da Educação Especial pela Universidade Federal do Rio de Janeiro UFRJ – 1980) e na área da Educação à Distância, pelo Instituto Íbero Americano de Educación a Distância – IUED/UNED – Espanha (2000). Graduada em Psicologia pelo Centro de Ensino Unificado de Brasília (1977). Tem experiência em atendimento clínico e terapêutico de crian- ças e jovens com dificuldades de aprendizagem e na área de Educação, com ênfase na Educação Especial, inclusão e aprendizagem multimídia, atuando principalmente nos seguintes temas: Educação a Distância, Tecnologia Educativa aplicada à Educação Inclusiva e Pedagogia Hospitalar. Atualmente, é professora Adjunta da Universidade de Brasília, atua na Faculdade de Educação como professora da área da Educação Especial e Inclusiva e professora do Programa de Pós-Graduação (Mestrado). É Membro Titular do Conselho de Informática da UnB. Resolução da Reitoria da Universidade de Brasília Nº 79/2009 e exerce a função de vice – coordenadora da Cátedra UNESCO de Educação a Distância da Faculdade de Educação da Universidade de Brasília.
Publicado
2015-02-24
Seção
Artigos