A avaliação no âmbito do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa

  • Hilda Aparecida Linhares da Silva Micarello
Palavras-chave: Alfabetização. Avaliação. PNAIC.

Resumo

Neste artigo é abordada a avaliação no âmbito do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa. Na primeira seção do texto são discutidas as orientações sobre a avaliação interna à escola, oferecidas pelos materiais de formação do Pacto, com ênfase na dimensão processual e no necessário envolvimento dos diferentes atores da cena educacional com as práticas avaliativas. Na segunda seção é abordada a avaliação externa à escola, a Avaliação Nacional da Alfabetização – ANA – instituída como parte das ações do Pacto. São apresentados os princípios que fundamentam essa avaliação, os instrumentos utilizados para efetivá-la e seus limites e possibilidades. O conceito de validade dos testes utilizados em avaliações em larga escala é problematizado nessa segunda seção, buscando-se ampliá-lo para se pensar, para além da validade psicométrica, a validade de realiza- ção da própria avaliação, diretamente relacionada aos modos de apropriação de seus resultados.

Biografia do Autor

Hilda Aparecida Linhares da Silva Micarello
Doutora em Educação pela PUC-Rio. Professora Adjunta da Faculdade de Educação da UFJF, atua no Programa da Pós-Graduação em Educação da FACED/UFJF, do Programa de Pós-Graduação Profissional em Gestão e Avaliação da Educação Pública do CAEd/UFJF. É líder do grupo de pesquisas LINFE – Linguagem, infâncias e educação CNPq/FACED/UFJF e consultora do CAEd/ 372 UFJF. Atuou como consultora do INEP no processo de elaboração da Avaliação Nacional da Alfabetização – ANA.
Publicado
2015-02-24
Seção
Artigos