Conversações com adolescentes na escola: bullying ou mal estar nas relações?

  • Luciana Gageiro Coutinho
  • Bruna Osorio Oliveira
Palavras-chave: Adolescentes, Escola, Bullying.

Resumo

O presente artigo é fruto de uma pesquisa sobre a adolescência e o laço social, mais especificamente, sobre os adolescentes e o laço educativo nos contextos contemporâneos. Nosso trabalho de campo foi orientado pelo método da pesquisaintervenção, no qual realizamos grupos de conversação com alunos e professores de uma escola da rede pública situada no município de Niterói. Neste artigo, centramos nossa análise no material proveniente dos grupos de conversação com adolescentes do 8º e 9º ano, refletindo sobre os laços sociais estabelecidos no universo escolar, levando em conta questões pertinentes ao contexto sociocultural mais amplo. A presença da violência e da intimidação constante nas relações entre os alunos, bem como entre alunos e professores, nos leva a questionar o conceito de “bullying”, tal como vem sendo eminentemente propagado no campo acadêmico e midiático. Em contraposição, trazemos para essa discussão, sustentada no âmbito de um diálogo das ciências sociais com a psicanálise, o enfraquecimento da palavra e dos pactos nas relações sociais contemporâneas, o que se reflete em relações sociais sempre tensas e em diversas manifestações de violência nas escolas.

Biografia do Autor

Luciana Gageiro Coutinho
Possui graduação em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1992), mestrado em Psicologia (Psicologia Clínica) pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1997) e doutorado em Psicologia (Psicologia Clínica) pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (2002) com bolsa-sanduíche (CNPQ) em 249 Paris VII. Atualmente é Professora Adjunta da Faculdade de Educação da Universidade Federal Fluminense, onde integra o grupo de pesquisa Subjetividade, Educação e Cultura (NUPES). É também pesquisadora associada ao Núcleo Interdisciplinar de Pesquisa e Intercâmbio para a Infância e Adolescência Contemporâneas (NIPIAC) da UFRJ. É psicanalista, membro do Círculo Psicanalítico do Rio de Janeiro. Sua área de pesquisa e atuação concentra-se em Psicanálise e Educação, na interface com outras áreas das ciências humanas e sociais, com ênfase na questão da adolescência no contemporâneo, tanto do ponto de vista teórico quanto institucional e clínico. Dedica-se principalmente aos seguintes temas: adolescência, educação, psicanálise e novas formas de intervenção. E-mail: lugageiro@uol.com.br
Bruna Osorio Oliveira
Graduada em psicologia na Universidade Federal Fluminense, bolsista de iniciação científica 2010/2012. E-mail: bru.osorio@hotmail.com
Publicado
2016-04-29
Seção
Outras Contribuições