Estratégias de ensino

algumas concepções na aplicação do GV/GO e do Brainstorming com acadêmicos de Pedagogia

Autores

  • Claudionor de Oliveira Pastana Universidade do Estado do Amapá, Curso de Licenciatura em Matemática, Macapá, Amapá, Brasil https://orcid.org/0000-0002-0412-8357
  • Danielly Foro do Espírito Santo Universidade do Estado do Amapá, Curso de Licenciatura em Pedagogia, Macapá, Amapá, Brasil https://orcid.org/0000-0002-3005-3547
  • Isete da Silva Sousa Governo do Estado do Amapá, Escola Estadual General Azevedo Costa, Macapá, Amapá, Brasil https://orcid.org/0000-0002-1859-7955

DOI:

https://doi.org/10.34019/2237-9444.2022.v12.34684

Palavras-chave:

Estratégia de Ensino, Brainstorming, GV/GO

Resumo

Este trabalho tem por escopo apresentar a aplicação e os resultados das estratégias de ensino GV/GO e Brainstorming, provenientes da realização de uma prática pedagógica, desenvolvida com discentes do Curso de Licenciatura em Pedagogia de uma Universidade Estadual, localizada na cidade de Macapá - AP. As atividades foram realizadas em seis aulas da disciplina de Estatística Aplicada à Educação, no ano letivo de 2018. Na discussão, problematização e exploração, utilizamos como tendência de ensino a Filosofia da Educação Matemática, por meio de estratégias de ensino com temas envolvendo a alfabetização matemática. Os resultados corroboraram para verificar que os discentes desconheciam a estratégia de ensino GV/GO e tinham participado em atividades usando o Brainstorming. Constatamos que os discentes apresentaram maior articulação e compreensão do domínio teórico dos conhecimentos de matemática e sua importância no processo de ensino e de aprendizagem, quando empregadas estratégias diferenciadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Claudionor de Oliveira Pastana, Universidade do Estado do Amapá, Curso de Licenciatura em Matemática, Macapá, Amapá, Brasil

Graduado em Matemática (UNIFAP). Especialista em Docência do Ensino Superior (META). Mestre em Ensino de Ciências Exatas (UNIVATES). Doutor em Ensino (UNIVATES). Professor Adjunto IV do Colegiado de Licenciatura em Matemática, da Universidade do Estado do Amapá (UEAP).  Funcionário Público, pertencente ao quadro do Governo do Estado do Amapá, na função de Professor de Matemática, enquadrado na Secretária de Estado da Educação (SEED). Professor de Matemática e Estatística na Universidade do Estado do Amapá (UEAP). 

Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/5729882279370007  

Danielly Foro do Espírito Santo, Universidade do Estado do Amapá, Curso de Licenciatura em Pedagogia, Macapá, Amapá, Brasil

Graduada em Pedagogia (UEAP). Acadêmica do Curso de Licenciatura em Pedagogia, da Universidade do Estado do Amapá (UEAP).

Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/3520448733234512

Referências

ANASTASIOU, Léa das Graças Camargos et al. Estratégias de ensinagem. Processos de ensinagem na universidade. Pressupostos para as estratégias de trabalho em aula, v. 3, p. 67-100, 2004. Disponível em: https://moodle.ufsc.br/pluginfile.php/1390223/mod_resource/content/1/anastasiou.pdf. Acesso em: 10 jun.2020.

BUCHELE, Gustavo Tomaz et al. Métodos, técnicas e ferramentas para inovação: o uso do brainstorming no processo de design contribuindo para a inovação. Pensamento & Realidade. Revista do Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração-FEA. ISSN 2237-4418, v. 1, n. 1, p. 61, 2017. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/pensamentorealidade/article/view/28373. Acesso em: 11 jun.2020.

COLINS, Fabio; MORAES, Patrícia Pena; JÚNIOR, Arthur Gonçalves Machado. Prática pedagógica integrada de alfabetização matemática e literatura infantil. Revista Brasileira de Ensino de Ciências e Matemática, v. 2, n. 1, p. 84-98, 2019. Disponível em: http://seer.upf.br/index.php/rbecm/article/view/9153. Acesso em: 11 jun.2020.

CURI, Edda. A formação matemática de professores dos anos iniciais do ensino fundamental face às novas demandas brasileiras. Revista Iberoamericana de Educación, v. 37, n. 5, p. 1-10, 2005. Disponível em: https://rieoei.org/historico/deloslectores/1117Curi.pdf. Acesso em: 07 jun.2020.

DA SILVEIRA, Sílvia Raquel Islabão; ALVES, Antônio Mauricio Medeiros. Formação PNAIC 2014 e os Saberes Docentes de Matemática de um Grupo de Professoras Alfabetizadoras. RELACult-Revista Latino-Americana de Estudos em Cultura e Sociedade, v. 5, n. 4, 2019. Disponível em: https://periodicos.claec.org/index.php/relacult/article/view/1115. Acesso em: 07 jun.2020.

DOS SANTOS SILVA, Carlos Evaldo. Alfabetização Matemática na Perspectiva da Linguagem. REMATEC, v. 14, n. 31, p. 28-48, 2019. Disponível em: http://rematec.net.br/index.php/rematec/article/view/186. Acesso em: 07 jun.2020.

DOS SANTOS SILVA, Carlos Evaldo; DA SILVA MELO, Luciano Augusto. Jogos de linguagem na alfabetização matemática. Revista BOEM, v. 7, n. 14, p. 22-42, 2019. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/boem/article/view/16813. Acesso em: 07 jun.2020.

GIL, Antônio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo. Editora Atlas SA, 2008.

NETO, Estevão Ovando; DA ROSA, Claudia Carreira. Saberes Docentes e Currículo: Um ensaio a partir da modelagem nas aulas de matemática. Revista Ensin@ UFMS, v. 1, n. 4, p. 12-28, 2019. Disponível em: https://periodicos.ufms.br/index.php/anacptl/article/view/10446. Acesso em: 10 jun.2020.

OLIVEIRA, Denise Abadia Pereira. 02) Promovendo Aprendizagens de Forma Democrática. Folha Acadêmica do CESG| FAC|, n. 4, p. 03, 2015. Disponível em: https://periodicos.cesg.edu.br/index.php/folhaacademica/article/view/183. Aceso em: 10 jun.2020.

PASTANA, Claudionor de Oliveira; REHFELDT, Márcia Jussara Hepp; SCHUCK, Rogério José. Ensinar a aprender, aprender a ensinar: um olhar sobre uma prática pedagógica. Revista EDaPECI, v. 16, n. 1, p. 132-142, 2016. Disponível em: https://seer.ufs.br/index.php/edapeci/article/view/4509. Aceso em: 09 jun.2020.

Publicado

2022-05-25

Como Citar

Pastana, C. de O., Santo, D. F. do E., & Sousa, I. da S. (2022). Estratégias de ensino: algumas concepções na aplicação do GV/GO e do Brainstorming com acadêmicos de Pedagogia. Pesquisa E Debate Em Educação, 12(1), 1–13, e34684. https://doi.org/10.34019/2237-9444.2022.v12.34684

Edição

Seção

Pesquisa aplicada