Histórico

A Revista Pesquisa e Debate em Educação (RPDE), ISSN 2237-9444, é um periódico científico publicado semestralmente, desde 2011. A RPDE está vinculada ao Programa de Pós-Graduação Profissional em Gestão e Avaliação da Educação Pública (PPGP), do Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação (CAEd), da Faculdade de Educação (FACED), da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). A RPDE foi disponibilizada nas versões impressa e digital até o v. 5, n. 1 (2015). Desde esse volume, a RPDE passou a ser publicada somente em versão eletrônica.

 

Foco e Escopo

A Revista Pesquisa e Debate em Educação é uma publicação semestral, vinculada ao PPGP/CAEd/FACED/UFJF, que tem por objetivo ser uma publicação reconhecida pela área, nacional e internacionalmente, tendo ampla circulação na comunidade acadêmica-científica, por meio do acesso livre online.

O público leitor da revista é constituído pelos profissionais da área de Educação, Ensino e áreas afins, estudantes de graduação e pós-graduação e demais interessados. A revista contribuirá para o diálogo interno da comunidade acadêmica propiciando debates sobre questões teóricas relevantes e contemporâneas, assim como para divulgação da produção interna do programa e de nossos parceiros de outras instituições.

A revista aceita para publicação artigos inéditos e artigos não inéditos/ traduzidos. A publicação dos artigos respeitará o mínimo de 18 artigos anuais com uma diversidade institucional dos seus autores – 60% dos artigos devem estar vinculados a, no mínimo, 4 instituições diferentes da UFJF. De modo geral, todos os artigos dialogarão com as linhas de pesquisa do mestrado profissional.

Os artigos, que são prioridade nesta revista, são estudos teóricos resultantes de pesquisa, assim como artigos de intervenção oriundos de análise de situações recentes, com perfil mais ensaístico e propostas de crítica e discussão sobre questões educacionais. Trabalhos aceitos escritos em outros idiomas serão traduzidos e publicados em português. O Conteúdo dos trabalhos assinados é de responsabilidade exclusiva de seus autores.

 

Sessões

A Revista Pesquisa e Debate em Educação (RPDE) conta com 3 sessões para recepção de manuscritos.

A primeira sessão publica artigos acadêmicos, relacionados à gestão educacional brasileira e as suas temáticas adjacentes, ampliando e conectando o panorama profissional de seu público-alvo: gestores da educação pública.

A segunda sessão destina-se à Comunicação e Desenvolvimento Profissional e tem como objetivo tornar visível a dimensão do desenvolvimento profissional dos gestores educacionais brasileiros, bem como estabelecer uma contínua troca de informações e de experiências bem sucedidas entre estes atores.

A terceira sessão publica textos relativos a Opinião e Debate, os quais têm o intuito de garantir ao leitor textos que reflitam o posicionamento de especialistas, gestores e estudantes de pós-graduação sobre a sua temática em voga.

A RPDE se propõe à formação e ao diálogo direto com seu público-alvo e interessados na área, estando aberta à publicação de artigos, relatos de experiência, textos de opinião e resenhas concernentes aos seus editais de publicação.

 

Processo de Avaliação pelos Pares (Blind peer-review)

Todos os manuscritos enviados à Revista serão submetidos à revisão editorial.

Inicialmente, os textos são avaliados quanto à originalidade (por meio de software antiplágio), adequação ao escopo da revista e forma.

Em seguida, os artigos são avaliados por pares, em formato de avaliação duplamente cega, (em sistema blind peer-review), por, no mínimo dois revisores, com titulação de doutor ou livre-docente.

Se o editor receber revisões conflitantes, o artigo será enviado a um terceiro revisor, antes da decisão final do editor-chefe (ou dos editores adjuntos ou dos editores convidados).

Os artigos aprovados poderão sofrer revisões editoriais para facilitar sua clareza e entendimento sem alterar seu conteúdo.

 

Política de Acesso Livre

A Revista Pesquisa e Debate em Educação adota uma política de acesso livre imediato ao seu conteúdo, a fim de conferir maior visibilidade aos textos publicados. Tanto a publicação quanto o acesso aos artigos são gratuitos, garantindo maior democratização ao conhecimento científico.

 

Política de Licenciamento

Os autores mantêm os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação, sendo o trabalho simultaneamente licenciado sob a Creative  Commons Attribution 4.0 International (CC BY 4.0), o que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria do trabalho e publicação inicial na Revista Pesquisa e Debate em Educação.

Os autores têm autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não-exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista, por exemplo, em repositórios institucionais ou como capítulo de livro, com reconhecimento de autoria e publicação inicial na Revista Pesquisa e Debate em Educação.

Os autores têm permissão e são estimulados a publicar e a distribuir seus artigos, por exemplo, nos repositórios institucionais, em suas páginas pessoas ou nas redes sociais). Tais ações têm por objetivo a difusão do conhecimento científico.

 

Política de Ética

A política de ética da Revista Pesquisa e Debate em Educação considera o comportamento abrange todos os segmentos envolvidos na publicação: autores, editores e pareceristas (avaliadores ad hoc).

Esta declaração foi adaptada e se baseia nas recomendações da Elsevier e no Best Practice Guidelines for Journal Editors do Committee on Publication Ethics (COPE)

Princípios éticos:

As decisões dos Editores e do Conselho Editorial não serão influenciadas por considerações fontes de receita.

A Revista Pesquisa e Debate em Educação tem um compromisso com os princípios éticos e está disposta a publicar correções, esclarecimentos e retratações quando necessário.

Com relação às reclamações éticas sobre um manuscrito, os editores tomarão as medidas necessárias para apuração de envetuais reclamações e providenciarão, se necessário, as correções e/ou as retratações.

Responsabilidade dos Editores:

Decisão de publicação: os editores responsáveis por decidir sobre quais artigos submetidos à revista devem ser publicados são guiados pelas políticas da revista, as quais devem obedecer às exigências legais, sem a violação de direitos autorais e plágio.

Transparência e respeito: os editores devem avaliar os manuscritos submetidos sem levar em conta a raça, sexo, a orientação sexual, a crença religiosa, a origem étnica, a nacionalidade ou a filosofia política dos autores.

Confidencialidade: os editores não devem divulgar qualquer informação sobre um manuscrito submetido, a não ser aos pareceristas e aos conselheiros editoriais.

Divulgação e conflitos de interesse: os editores podem recusar avaliar manuscritos em que tenham conflitos de interesse, por questões colaborativas, competitivas ou outras ligações com qualquer um dos autores. Quando necessário, o editor pode designar um editor especifico e isento para cuirdar do processo editórial de determinado artigo.

Envolvimento e cooperação em investigações: os editores devem tomar medidas cabíveis quando forem apresentadas reclamações éticas a respeito de um manuscrito submetido ou artigo publicado.

Responsabilidade editorial: os editores devem sempre preservar a indentidade dos pareceristas no anonimato e tratar os manuscritos como documentos confidenciais.

Deveres dos Revisores (Pareceristas, Avaliadores Ad Hoc):

Confidencialidade: os trabalhos recebidos para análise devem ser tratados como documentos confidenciais, não deve divulgar qualquer informação sobre o manuscrito com terceiros.

Divulgação e conflito de interesses: os pareceristas devem manter em sigilo e não devem se utilizar, para proveito pessoal, ideias obtidas por meio da leitura dos manuscritos.

Sobre as fontes: os pareceristas devem identificar trabalhos publicados relevantes que não foram citados pelos autores, bem como devem chamar a atenção dos editores sobre qualquer semelhança substancial ou sobreposição entre o manuscrito em questão e qualquer outro artigo publicado de que tenha conhecimento pessoal.

Deveres dos Autores:

Originalidade e plágio: os autores devem garantir que as obras sejam inteiramente originais. A revista utiliza o sistema de escaneamento com software anti-plágio para verificação de similaridade dos manuscritos.Plágio constitui um comportamento editorial antiético e é inaceitável.

Autoria: a autoria do trabalho deve ser restrita àqueles que fizeram uma contribuição significativa para a concepção, projeto, execução ou interpretação do estudo relatado. Todos aqueles que fizeram contribuições significativas devem ser listados como coautores. O autor principal deve garantir que todos os coautores apropriados estejam incluídos no artigo. O autor principal deve se certificar que todos os coautores viram e aprovaram a versão final do manuscrito e que concordaram com sua submissão para publicação.

Publicação múltipla, redundante e simultânea: os autores não poderão publicar manuscritos que descrevam essencialmente o mesmo conteúdo em mais de um periódico.

Sobre as fontes: os autores devem citar as publicações que foram importantes na determinação da natureza do manuscrito, pois o trabalho de outros autores deve ser sempre reconhecido. As informações obtidas em uma conversa, correspondência ou discussão com terceiros devem ser utilizadas apenas com a permissão explícita por escrito da fonte.

Erros em trabalhos publicados: quando os autores descobrem um erro significativo ou imprecisão em seu trabalho publicado é obrigação informar e cooperar com os editores para a correção do artigo.

Fontes de financiamento da pesquisa: é reponsabilidade dos autores informar as fontes de recursos utilizados para pesquisa.

 

Declaração de privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou à terceiros.

 

Orientações para cadastro de usuários

Para se cadastrar na Revista Pesquisa e Debate em Educação, seguir as orientações abaixo:

  1. No campo “pronome de tratamento”, deixe em branco, pois facilitará a busca dos usuários cadastrados por nome e metadados;
  2. Preencha seu ORCID e a URL (endereço eletrônico da página) do seu Currículo Lattes. Caso não possua o número ORCID, cadastre-se através do link https://orcid.org/.
  3. No campo “papéis”, marque as opções que assim deseja: “Leitor”, “Autor” e/ou “Avaliador”.
  4. Ao final, clicar em “salvar”.

 

Indexação, Catálogos, Portais e Bases de Dados 

Indexadores

Latindex - Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal

Sumarios.org - Sumários de revistas brasileiras

Base de Dados

Periódicos Capes - Portal de Periódicos CAPES/MEC

Portais

Periódicos de Minas - Portal Periódicos de Minas

UFJF - Portal de Periódicos Científicos da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)

 

 

Qualis Periódicos

Na Plataforma Sucupira, de acordo com a avaliação Qualis/CAPES (2013-2016), a Revista Pesquisa e Debate em Educação apresenta as seguintes qualificações:

Ciência Política e Relações Internacionais: B4
Educação: C
Ensino: B1
Sociologia: B5