A escola e suas contribuições no processo da alfabetização científica e tecnológica

Autores

  • Andreia Cristina Pontarolo Lidoino Universidade do Vale do Taquari, Programa de Pós-Graduação em Ensino, Lajeado, Rio Grande do Sul, Brasil
  • Geilson de Arruda Reis Universidade do Vale do Taquari, Programa de Pós-Graduação em Ensino, Lajeado, Rio Grande do Sul, Brasil https://orcid.org/0000-0002-8137-8544
  • Nilcéia Frausino da Silva Pinto Universidade do Vale do Taquari, Programa de Pós-Graduação em Ensino, Lajeado, Rio Grande do Sul, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.34019/2237-9444.2022.v12.33233

Palavras-chave:

Alfabetização científica e tecnológica, Ensino, Ambiente educativo, Formação continuada de professores

Resumo

Este artigo traz em seu bojo reflexões acerca da Alfabetização Científica e Tecnológica no âmbito da Educação Básica. Objetivou-se abordar conceitos da Alfabetização Científica e Tecnológica, tecendo relações com o ensino no contexto escolar e com a formação continuada de professores. Para tanto, este estudo, de cunho qualitativo, valendo-se de pesquisa bibliográfica, fez uso de textos de autores como Chassot (2011); Fourez (1995); Sasseron (2018); Sasseron e Carvalho (2011; 2008), entre outros. As leituras e análises enfatizam as contribuições da escola, do currículo e da prática docente como elementos oportunos para a promoção da Alfabetização Científica e Tecnológica durante o processo de escolarização dos estudantes. O presente estudo propicia também a problematização e o diálogo com todos os sujeitos educadores que vislumbram na Alfabetização Científica e Tecnológica as possibilidades de múltiplas leituras, interpretações, aprendizagens e transformações da realidade do mundo em que se vive.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andreia Cristina Pontarolo Lidoino, Universidade do Vale do Taquari, Programa de Pós-Graduação em Ensino, Lajeado, Rio Grande do Sul, Brasil

Graduada em Pedagogia (UNIFLOR). Especialista em Neuropsicopedagogia e Educação Inclusiva (Censupeg).  Mestra em Ensino (Univates). Professora efetiva da rede estadual de ensino de Mato Grosso e na Faculdade de Alta Floresta (FAF). Publicações de artigos na área de Ensino e Educação. Experiência em atuar com formação continuada de professores para Educação Infantil, 1º ao 5º ano, com os temas: Currículo, planejamento, avaliação, transtornos e deficiências. Possui certificação de participação e ministrante em cursos, minicursos, oficinas e palestras voltados para a área de atuação da Educação Básica, Educação Especial e Ensino Superior.

Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/4443174939100106.

Geilson de Arruda Reis, Universidade do Vale do Taquari, Programa de Pós-Graduação em Ensino, Lajeado, Rio Grande do Sul, Brasil

Graduado em Geografia e Pedagogia (UEMA). Especialista em Educação em Direitos Humanos (UFMA). Mestre em Ensino (Univates). Doutorando em Ensino (Univates). Integrante do grupo de pesquisa "Currículo, Espaço e Movimento" (CNPq) vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Ensino (Univates). Professor Formador da rede pública do município de Imperatriz/ MA.

Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/1909110566580324.

Nilcéia Frausino da Silva Pinto, Universidade do Vale do Taquari, Programa de Pós-Graduação em Ensino, Lajeado, Rio Grande do Sul, Brasil

Graduada em LETRAS, pela Uniflor-União das Faculdades de Alta Floresta, Especialização em Educação Especial/ Educação Inclusiva pela UNEMAT Campus Universitário de Sinop/MT. Mestranda em Ensino (Univates). Autora do Livro Síndrome de Down e amor de uma mãe vencendo Barreira e Quebrando paradigmas e Acreditar e Agir. Integrante do grupo de pesquisa "Currículo, Espaço e Movimento" (CNPq) vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Ensino (Univates). Professora Formadora na rede estadual do Estado de Mato Grosso.

Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/5325171747037626.

Referências

Barreto, Vera. Paulo Freire para educadores. São Paulo: Arte & Ciência Editora, 1998.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular: Educação é a base. Versão Final. Ministério da Educação: Brasília, 2017.

CHASSOT, Attico. Alfabetização científica: questões e desafios para a educação. 5. ed. Ijuí: Editora UNIJUÍ, 2011.

FERREIRO, Emília. Com Todas as Letras. São Paulo: Cortez, 1999.

FOUREZ, Gérard. A construção das ciências: introdução à filosofia e à ética das ciências. Tradução de Luiz Paulo Rouanet. São Paulo: Editora da Universidade Estadual Paulista, 1995. Disponível em: http://astro.if.ufrgs.br/fis2008/Fourez.pdf. Acesso em: 5 mar. 2020.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

GERMANO, Gomes Marcelo. Uma nova ciência para um novo senso comum. Campina Grande: EDUEPB, 2011.

KENSKI. Moreira Vani. Tecnologias e ensino presencial e a distância. Campinas: Papirus, 2005.

LORENZETTI, Leonir; DELIZOICOV, Demétrio. Alfabetização científica no contexto das séries iniciais. Ensaio. Pesquisa em Educação em Ciências, Belo Horizonte, v. 3, n. 1, p. 45-61, jan./jun. 2001. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/epec/v3n1/1983-2117-epec-3-01-00045.pdf. Acesso em: 5 mar. 2020.

MAGALHÃES, Cíntia; SILVA, Evanilda da; GONÇALVES, Carolina. A interface entre alfabetização científica e divulgação científica. Areté, Revista Amazônica do Ensino de Ciências, Manaus, v. 5, n.9, p. 14-28, abr. 2012. Disponível em: http://periodicos.uea.edu.br/index.php/arete/article/view/44. Acesso em: 5 mar. 2020.

MOREIRA, Antônio Flávio Barbosa. CANDAU, Vera Maria. Indagações sobre Currículo: currículo, conhecimento e cultura. Organização do documento: Jeanete Beauchamp, Sandra Denise Pagel, Aricélia Ribeiro do Nascimento. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, 2007. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/Ensfund/indag3.pdf. Acesso em: 5 mar. 2020.

PAPERT, Seymor. Logo: computadores e educação. Tradução e prefácio de José A. Valente. São Paulo: Brasiliense, 1988.

PIZARRO, Vaitiekunas Mariana; LOPES JUNIOR, Jair. Os indicadores de alfabetização científica nos anos iniciais do ensino fundamental e o uso da história em quadrinhos como recurso didático em Ciências. In: BASTOS, F. (org.). Ensino de ciências e matemática III: contribuições da pesquisa acadêmica a partir de múltiplas perspectivas. São Paulo: Editora UNESP; São Paulo: Cultura Acadêmica, 2010. p. 109-128. Disponível em: http://books.scielo.org/id/3nwyv/pdf/bastos-9788579830860-06.pdf. Acesso em: 5 mar. 2020.

REIS, Geilson de Arruda; CAVALCANTE, Lígia Vieira da Silva; OLIVEIRA, Eniz Conceição. O conceito de Alfabetização Científica e a possibilidade de interações entre cinco competências gerais da Base Nacional Comum Curricular BNCC. Research, Society and Development, 2020. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/6507. Acesso em: 10 agosto. 2021.

SASSERON, Lúcia Helena; CARVALHO, Ana Maria Pessoa de. Almejando a alfabetização científica no ensino fundamental: a proposição e a procura de indicadores do processo. Investigações em Ensino de Ciências, Porto Alegre, v. 13, n. 3, p. 333-352, 2008. Disponível em: http://www.if.ufrgs.br/ienci/artigos/Artigo_ID199/v13_n3_2008.pdf. Acesso em: 23 de outubro. 2019.

SASSERON, Lúcia Helena. Ensino de Ciências por Investigação e o Desenvolvimento de Práticas: Uma Mirada para a Base Nacional Comum Curricular. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências e Tecnologias, Belo Horizonte, vol. 18, n. 3, p. 1061-1085, set./dez. 2018. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/rbpec/article/download/4833/3034/. Acesso em: 5 mar. 2020.

SASSERON, Lúcia Helena; CARVALHO, Pessoa Ana Maria. Alfabetização Científica: uma revisão bibliográfica. Investigações em Ensino de Ciências, Porto Alegre, v. 16, n. 1, p. 59-77, 2011. Disponível em: https://www.if.ufrgs.br/cref/ojs/index.php/ienci/article/view/246. Acesso em: 5 mar. 2020

SILVA, Francisco, Mendes da. Aspectos relevantes das novas tecnologias aplicadas à educação e os desafios impostos para a atuação dos docentes. Akrópolis, Umuarama, v. 11, n. 2, p. 75-81, abr./jun. 2003.

Downloads

Publicado

2022-04-02

Como Citar

Lidoino, A. C. P., Reis, G. de A., & Pinto, N. F. da S. (2022). A escola e suas contribuições no processo da alfabetização científica e tecnológica. Pesquisa E Debate Em Educação, 12(1), p. 1–16, e33233. https://doi.org/10.34019/2237-9444.2022.v12.33233

Edição

Seção

Pesquisa aplicada