Educação Estatística no Ensino Médio: A Leitura de Gráficos

Autores

Palavras-chave:

Educação Matemática, Educação Estatística, Leitura e análise de gráficos, Produção de significados, Ensino médio

Resumo

Neste artigo, apresentamos um estudo sobre a leitura de gráficos estatísticos em uma sala de aula com o objetivo de analisar a produção de significados dos alunos envolvidos na resolução de tarefas. A investigação de cunho qualitativo foi referenciada teoricamente pelo Modelo dos Campos Semânticos, que possibilitou a análise das ações enunciativas dos estudantes do ensino médio de uma escola pública da rede estadual na cidade de Juiz de Fora (MG). A análise evidenciou que as tarefas cumpriram a função de estimular os estudantes a produzir significados indicando um processo de aprendizagem que foi desencadeado a partir da leitura de dados estatísticos expressos por gráficos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Referências

ARAÚJO, E. G. O tratamento da informação nas séries iniciais: uma proposta de formação de professores para o ensino de gráficos e tabelas. 2008, 177 f. Dissertação (Mestrado em Educação Científica e Tecnológica) – Universidade Federal de Santa Catarina, Santa Catarina.

ARTEAGA, P. et al. Understanding statistical graphs: a research survey. Boletín de Estadística e Investigación Operativa, v. 28, n. 3, p. 261-277, 2012.

BERTIN, J. La Graphique et le traitement graphique de l´information. França:

Flammarion, 1977.

BOGDAN, R. C.; BIKLEN, S. K. Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Porto, Portugal: Porto Editora, 2013.

CARDOSO, H. F; PEREIRA, M. C. M. A produção de gráficos na aula de Geografia: um estudo com alunos do ensino secundário. Revista Brasileira de Educação em Geografia, v. 6, n. 11, p. 413-427, 2016.

CAZORLA, I. M. A relação entre a habilidade viso-pictórica e o domínio de conceitos estatísticos contidos em gráficos. 2002, 335 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP.

GOODMAN, N. Of mind and other matters. London: Harvard University Press, 1984.

LINS, R. C. O modelo teórico dos Campos Semânticos: uma análise epistemológica da álgebra e do pensamento algébrico. Revista Dynamics, v. 1, n. 7, p. 29-39, 1994.

LINS, R. C. Notas sobre o uso da noção de conceito como unidade estruturante do pensamento. In: ESCOLA LATINO-AMERICANA SOBRE PESQUISA EM ENSINO DE FÍSICA – ELAPEF, 3., 1996, Canela, RS. Anais do III ELAPEF. Canela, RS: 1996. p. 137-141.

LINS, R. C. Por que discutir teoria do conhecimento é relevante para a Educação Matemática. In: BICUDO, M. A. V. (Org.). Pesquisa em Educação Matemática: concepções e perspectivas. Rio Claro, SP: Editora da UNESP, 1999. p. 75-94.

LINS, R. C. Análise Sistemática e crítica da produção acadêmica e da trajetória profissional. 2002, 87 f. Tese (Livre Docência) Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, SP.

LINS, R. C. O Modelo dos Campos Semânticos: estabelecimentos e notas de teorizações. In: ANGELO, C. L; BARBOSA, E. P.; SANTOS, J. R. V.; DANTAS, S. C.; OLIVEIRA, V. C. A. (Org.). Modelo dos campos semânticos e educação matemática: 20 anos de história. 1ª ed. São Paulo, SP: Midiograf, 2012. p. 11-30.

LOPES, C. E. O ensino da estatística e da probabilidade na educação básica e a formação dos professores. Cadernos CEDES, v. 28, n. 74, p. 57-73, 2008. https://doi.org/10.1590/S0101-32622008000100005.

NETTO, A. R. N. Discutindo sobre gráficos estatísticos no Ensino Médio. 2021, 34 f. Produto Educacional (Educação Matemática). Instituto de Ciências Exatas, Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, MG. https://tinyurl.com/2y68vgzm

NETTO, A. R. N. Educação Estatística no ensino médio: a leitura de gráficos. 2021, 91 f. Dissertação (Educação Matemática). Instituto de Ciências Exatas, Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, MG. https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/13299

OLIVEIRA, V. C. A. Sobre a produção de significados para a noção de transformação linear em Álgebra Linear. 2002, 187 f. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) – Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, SP.

PAGAN, A. et al. A leitura e interpretação de gráficos e tabelas no Ensino Fundamental e Médio. In: 2º SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA – SIPEMAT, 2., Recife, PE. Anais ... Recife, PE: SBEM, 2008. p. 1-10.

SILVA, A. M. Sobre a dinâmica da produção de significados para a Matemática. 2003. 256 f. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, SP.

SILVA, A. M.; LINS, R. C. Sobre a dinâmica da produção de significados para a matemática. Jornal Internacional de Estudos em Educação Matemática. v.6, n. 2, p. 1-30,2013.

SILVA, M. B. E. Aprendendo a representar escalas em gráficos: um estudo de intervenção. 2014. 141 f. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática e Tecnológica). Universidade Federal de Pernambuco, Recife, PE, 2014.

Downloads

Publicado

2022-12-10

Como Citar

NOVAES NETTO, A. R. .; BESSEGATO, L. F. Educação Estatística no Ensino Médio: A Leitura de Gráficos. Revista de Investigação e Divulgação em Educação Matemática , [S. l.], v. 6, n. 1, 2022. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/ridema/article/view/39355. Acesso em: 3 fev. 2023.

Edição

Seção

30 anos do Modelo dos Campos Semânticos e processos de ensino e de aprendizagem