Aprender a empreender: significados produzidos em uma proposta de educação financeira no novo Ensino Médio

Autores

  • Veronica Borsonelli Marcarini Instituto Federal do Espírito Santo
  • Solange Taranto de Reis Instituto Federal do Espirito Santo https://orcid.org/0000-0003-1599-0636

Palavras-chave:

Educação Matemática; Educação Financeira Escolar; Novo Ensino Médio; Modelos dos Campos Semânticos

Resumo

Este trabalho é parte de uma pesquisa de mestrado realizada pelo Programa de Pós-graduação em Educação em Ciências e Matemática do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo, cujo objetivo geral é analisar os significados produzidos por estudantes em uma disciplina eletiva do Novo Ensino Médio durante o planejamento e a execução de práticas, no viés da Educação Financeira. Para tal, foram elencados dois objetivos específicos com o propósito de ajudar a alcançar o objetivo geral. A concepção de Educação Financeira assumida é a proposta por Amarildo Melchiades da Silva e Arthur Belford. Para o desenvolvimento das práticas, foi utilizado o material da Estratégia Nacional de Educação Financeira como apoio, além do Modelo dos Campos Semânticos que serviu como base no decorrer de toda a pesquisa. O cenário da pesquisa foi a Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio e os atores foram os alunos do Ensino Médio, da disciplina Eletiva - Aprender a empreender. Para produção de dados foram utilizados registros em diário de campo, gravações de áudio e vídeo, questionários, observações diretas e observações participantes. Os resíduos de enunciação foram discutidos e analisados com a participação dos integrantes do Grupo de Estudos e Pesquisas em Modelo dos Campos Semânticos e Educação Matemática como parceiros no processo. Vislumbramos uma possibilidade de integração da Educação Financeira Escolar em todas as disciplinas, de modo que não seja trabalhada apenas como um conteúdo isolado, mas sim, como um tema presente no dia a dia da sala de aula.  Como produto educacional, produzimos um caderno de práticas educativas em Educação Financeira Escolar - versão para o professor e versão para o aluno - com sugestões de práticas para a sala de aula envolvendo variados temas da Educação Financeira.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Veronica Borsonelli Marcarini, Instituto Federal do Espírito Santo

Mestre em Educação profissional em Ciências e Matemática- Educimat/IFES.
Professora de rede estadual de ensino Sedu. ORCID iD: https://orcid.org/0000-0003-4832-8999. Lattes: http://lattes.cnpq.br/6619087942919045. E-mail: profveronicabm@gmail.com

Referências

BALDINO, Roberto Ribeiro; SOUZA, Antonio Carlos Carreira de. Grupo de Pesquisa-Ação em Educação Matemática. Relatório do Sistema Diretório dos Grupos de Pesquisa no Brasil: relatório. Rio Claro, 1997.

BAUMAN, Zygmunt. Vida para consumo: a transformação das pessoas em mercadoria. Rio de Janeiro: Zahar, 2008.

BRASIL. Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica. Associação de Educação Financeira do Brasil. Brasília: MEC/AEF, 2011a. Disponível em: http://www.aefbrasil.org.br/index.php/programas-e-projetos/educacao-financeira-nas-escolas/. Acesso em: 2 jun. 2020.

CHAVES, Rodolfo. Caminhos percorridos para a implantação do grupo de pesquisa-ação em educação matemática junto ao núcleo de ensino integrado de ciências e matemática da Universidade Federal de Viçosa. 2000. 296 f. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) – Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática – Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2000.

CHAVES, Rodolfo. Por que anarquizar o ensino de Matemática intervindo em questões socioambientais? Rio Claro, 2004. 223 f. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2004.

CHAVES, Rodolfo; VITÓRIA, Weverton Augusto da; NOVAIS, Ivonilton Pereira. Possíveis diálogos entre Etnomatemática e Modelo dos Campos Semânticos (MCS). Revista Eletrônica Debates em Educação Científica e Tecnológica, Vila Velha, v. 5, n. 2, p. 242-274, out. 2015. Disponível em: http://ojs.ifes.edu.br/index.php/dect/article/view/412. Acesso em: 07 mar. 2016.

FOME de poder. Direção: John Lee Hancock; roteiro: Robert Siegel; produção: Jeremy Renner, Karen Lunder, Don Handfield, Aaron Ryder, Glen Basner. Nova Iorque: FilmNation Entertainment, 2017. Netflix (115 min.).

LINS, Romulo Campos. Epistemologia, história e educação matemática: tornando mais sólidas as bases da pesquisa. Revista de Educação Matemática da SBEM, São Paulo, v. 1, n. 1, p. 75-91, set. 1993.

LINS, Romulo Campos. O Modelo dos Campos Semânticos: estabelecimento e notas de teorizações. In: ANGELO, Claudia Lauset al (Org.). Modelo dos Campos Semânticos e Educação Matemática: 20 anos de história. São Paulo: Midiograf, 2012. p. 11-30.

LINS, Romulo Campos. Por que discutir teoria do conhecimento é relevante para a Educação Matemática. In: BICUDO, Maria Aparecida Viggiani (Org.). Pesquisa em Educação Matemática: concepções & perspectivas. São Paulo: Editora UNESP, 1999. p. 90-105.

LINS, Romulo Campos; GIMÉNEZ, Joaquin. Perspectivas em aritmética e álgebra para o século XXI. 3. ed. Campinas: Papirus, 1997.

SAD, Ligia Arantes. Cálculo Diferencial e Integral: uma abordagem epistemológica de alguns aspectos. Rio Claro, 1999, 371 f. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 1999.

SILVA, Amarildo Melchiades da. Impermeabilização no Processo de Produção de Significados para a Álgebra Linear. O Modelo dos Campos Semânticos: estabelecimento e notas de teorizações. In: ANGELO, C. L. et al. (Org.). Modelo dos Campos Semânticos e Educação Matemática: 20 anos de história. São Paulo: Midiograf, 2012. p. 79-90.

SILVA, Amarildo Melchiades da. Sobre a Dinâmica da Produção de Significados para a Matemática. Rio Claro, 2003, 243 f. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2003.

SILVA, Amarildo Melchiades da; POWELL, Arthur Belford. Um programa de educação financeira para a matemática escolar da educação básica. In: ENEM: Encontro Nacional de Educação Matemática... 2013, Curitiba. Anais... Curitiba: SBEM, 2013. p. 1-17.

SKOVSMOSE, Ole. Cenários para investigação. Bolema, Rio Claro, v. 13, n. 14, 2000. Disponível em: https://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/bolema/article/view/10635/7022. Acesso em: 16 jun. 2021.

Downloads

Publicado

2022-12-10

Como Citar

MARCARINI, V. B.; REIS, S. T. de . Aprender a empreender: significados produzidos em uma proposta de educação financeira no novo Ensino Médio. Revista de Investigação e Divulgação em Educação Matemática , [S. l.], v. 6, n. 1, 2022. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/ridema/article/view/38733. Acesso em: 3 fev. 2023.

Edição

Seção

30 anos do Modelo dos Campos Semânticos e processos de ensino e de aprendizagem