Abordagem histórica como organizador prévio para o ensino de raiz quadrada nos anos iniciais do Ensino Fundamental: uma proposta didática

Autores

Palavras-chave:

Anos iniciais; Formação de Professores; História da Matemática; Aprendizagem Significativa; Raiz Quadrada.

Resumo

No contexto atual, ainda existem muitas dificuldades envolvendo professores e estudantes dos anos iniciais do ensino fundamental no sentido de introduzir conceitos e definições matemáticas, que são bases para outros conhecimentos matemáticos. Assim, elaborou-se uma proposta didática para introduzir a raiz quadrada enquanto o conteúdo aritmético, explorando a noção de quadrados perfeitos no âmbito cognitivo e nos casos de quadrados que não forem perfeitos, se recorre ao procedimento do povo babilônico, cidade da região centro-sul da Mesopotâmia, atual Iraque. Portanto, o aporte teórico epistemológico adotado foi a História da Matemática; já a organização pedagógica desse material produzido está embasada no marco teórico ausubeliano. O material foi desenvolvido no mestrado em educação da Universidade de Pernambuco-UPE, Campus Mata Norte, por meio de uma pesquisa qualitativa do tipo pesquisa-ação, cujo propósito foi servir de organizador prévio para introduzir raiz quadrada nos anos iniciais do ensino fundamental. A partir da aplicação dessa sequência didática, foi possível observar que ela contribuiu na qualificação dos professores participantes, interferindo em suas práticas de sala de aula e oportunizando aos envolvidos as condições que lhes permitiram elaborar atividades de ensino embasadas epistemológica e pedagogicamente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Referências

AUSUBEL, D. P. Aquisição e Retenção de Conhecimentos: Uma Perspectiva Cognitiva. Tradução: Lígia Teopisto. 1. ed. Lisboa: Plátano Edições Técnicas, 2000.

BARDERAS, S. V. Didáctica de la Matemática-El livro de los recursos. Editorial La Muralla, S.A., Madrid, 2000.

BOGDAN, R.; BIKLEN, S. Investigação qualitativa em Educação: fundamentos, métodos e técnicas. In: Investigação qualitativa em educação. Portugal: Porto Editora, 1994.

BRASIL, Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: matemática. Brasília: MEC/SEF, v. 3, 1997.

BUNGE, M. Epistemología. Barcelona: Editorial Ariel, S. A., 1985.

CONTADOR, P.R.M. Matemática uma breve História. v.1, 3 ed. São Paulo: editora livraria da física, 2008.

DIONNE, H. A pesquisa-ação para o desenvolvimento local. Tradução: Michel Thiollent. Brasília: Líber Livro Editoria, 2007.

DUVAL, R. CAMPOS, T. M. M. (Org.) Ver e ensinar a Matemática de outra forma: Entrar no modo matemático de pensar: os registros de representações semióticas. São Paulo: PROEM, 2011.

FIORENTINI, Dario. Alguns Modos de Ver e Conceber o Ensino de Matemática no Brasil.

Zetetiké, v.3, n.4, p. 1-36, 1995.

FOSSA, J. A. Ensaios sobre a Educação Matemática. Belém: EDUEPA, 2001. (Série Educação, 2).

FUCHS, M. J.; NEHRING, C. M.; POZZOBON, M. C. C. A História do Ensino da Matemática - Contribuições na Formação de Futuros Professores de Matemática. Revista Contexto & Educação, v.29, n.93, p. 45-71, maio/ago. 2014. Dispinível em: https://www.revistas.unijui.edu.br/index.php/contextoeducacao/article/view/2928. Acesso em: 12 Fev. 2019.

GONÇALVES, I. M. F. L. Os Problemas da Matemática o seu papel na Matemática e nas aulas de Matemática. 2011. Tese (doutoramento em matemática: ensino da matemática). Universidade da madeira, Portugal.

GROENWALD, C. L. O; SAUER, L. O; FRANK, R. F. Desenvolvendo o pensamento aritmético utilizando os conceitos da Teoria dos números. Acta Scientiae, v. 7, n. 1, p. 93-101, 2005. Disponível em: http://www.periodicos.ulbra.br/index.php/acta/article/view/190/174. Acesso em: 24 abril de 2019.

MENDES, I. A.; FOSSA, J. A.; VALDÉS, J. E. N. A história com um agente de cognição na educação matemática. Porto Alegre: Sulina, 2006.

MENDES, I. A. Matemática e investigação em sala de aula: tecendo redes cognitivas na aprendizagem. São Paulo: Editora Livraria da Física, 2009.

MENDES, I. A; CHAQUIAM, M. História nas aulas de Matemática: fundamentos e sugestões didáticas para professores. Belém: SBHMat, 2016.

MOL, R. S. Introdução à história da matemática. Belo Horizonte: CAED-UFMG, 2013.

MOREIRA, M. A. A teoria de aprendizagem significativa e sua implementação em sala de aula. Brasília: Editora da UnB, 2006.

MOREIRA, M. A. Negociação de Significados e Aprendizagem Significativa. Ensino, Saúde e Ambiente, v.1, n.2, p. 2-13, dez.2008.

MOREIRA, M. A. Teorias de aprendizagem. 2. ed. ampliada. São Paulo: EPU, 2011.

ROQUE, T; PITOMBEIRA, J. B. Tópicos de história da matemática. Rio de Janeiro: Ed. SBM, 2012. (Coleção PROFMat).

SANTAROSA, M. C. P. Ensaio sobre a Aprendizagem Significativa no Ensino de Matemática. Aprendizagem Significativa em Revista, v.6, n.3, p. 57-69, dez. 2016. Disponível em: http://www.if.ufrgs.br/asr/artigos/Artigo_ID92/v6_n3_a2016.pdf. Acesso em 20 Set. 2019.

SILVA, J. R. Uma abordagem Ausubeliana da Aquisição do Conceito de Raiz Quadrada Contextualizada Segundo a Teoria de Lakoff. In: SILVA, J. R. Recursos Didáticos: Textos de Apoio para o Ensino de Ciências e Matemáticas. Recife: EDUPE, 2006. p. 15-36.

SILVA, J. R. Ensino das operações fundamentais: uma abordagem introdutória, 4-15 de ago. de 2014. 10 f. Notas de Aula. Digitalizado.

SILVA, J. R; RUFINO, M. A. S; CHIAPPETTA, S. K. S; CUNHA, A. M. V. Ensino De Raiz

Quadrada: Elaboração De Um Organizador Prévio. In: Encontro Pernambucano de Educação Matemática - Cenários e Desafios da Educação Matemática: da investigação à sala de aula, 2017, Garanhuns. Anais ... Garanhuns: UFPE/UFRPE/UPE, 2017. Disponível em:http://epem.sbempe.com.br/anais/2017/PDFs/RE09192850405_161024.pdf. Acesso em: 10 Jan. 2019.

SILVA, J. R.; SOUZA, E. C.; RUFINO, M. A. S. O ritual do toré como organizador prévio para o conceito de círculo. Zetetiké, v.1, n.1, p.75-93, jan./abr. Disponivel em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/zetetike/article/view/8650471 Acesso: 13 Mar. 2020.

Downloads

Publicado

2022-06-14

Como Citar

VISGUEIRA CUNHA, A. M.; SILVA, J. R. da. Abordagem histórica como organizador prévio para o ensino de raiz quadrada nos anos iniciais do Ensino Fundamental: uma proposta didática. Revista de Investigação e Divulgação em Educação Matemática , [S. l.], v. 6, n. 1, 2022. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/ridema/article/view/37176. Acesso em: 6 jul. 2022.

Edição

Seção

Artigos