Análise dos artigos das revistas Bolema e Educação Matemática Pesquisa referentes a temática Educação Infantil no período de 2016 a 2021

Autores

  • Jorge Henrique Gualandi Instituto Federal do espírito Santo- campus Cachoeiro de Itapemirim https://orcid.org/0000-0002-0302-7650
  • Pollyana dos Santos Instituto Federal do Espírito Santo

Palavras-chave:

Educação infantil, Mapeamento, Formação continuada, Ensino de matemática

Resumo

O ensino de matemática na Educação Infantil, vem se destacando como temática de investigações, no que tange aos saberes produzidos nos espaços escolares. Esta pesquisa, originou-se a partir do questionamento: o que se tem pesquisado acerca do ensino de matemática na Educação Infantil? Para responder a essa questão, buscou-se, neste estudo,  mapear as produções que versavam sobre a Matemática na Educação Infantil a fim de identificar as temáticas, os objetivos, as propostas metodológicas e as principais teorias que fundamentam as pesquisas desenvolvidas no âmbito da Educação Infantil, publicados nos periódicos Bolema - Boletim de Educação Matemática e Educação Matemática Pesquisa -EMP, entre os anos de 2016 e 202.Este estudo é de abordagem qualitativa, na acepção de Bogdan e Biklen (1994), do tipo estudo documental, conceituado por  Fiorentini e Lorenzato (2007). Para a produção de dados e suas análises, embasou-se como princípio metodológico o mapeamento,  na concepção de Biembengut (2007). A análise dos artigos coloca em evidência as ações pertinentes aos sujeitos do processo ensino-aprendizagem pois contemplam: 1) o enfoque nas crianças, em como raciocinam aprendem e desenvolvem estratégias de aprendizagem; 2) como os professores podem mediar os processos de ensino para promover a produção do conhecimento; 3) como a formação continuada é capaz construir bases teóricas e metodológicas para os docentes que não são licenciados em Matemática. As pesquisas apontam um rico caminho para a formação continuada que reflita esse espaço dialógico de encontro de teorias de campos de produção de pesquisa distintos para a compreensão dos desafios que incidem na práxis pedagógica de docentes dessa etapa da educação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Pollyana dos Santos, Instituto Federal do Espírito Santo

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Federal do Espírito Santo (2005), mestrado em Educação pela Universidade Federal do Espírito Santo (2008) e doutorado em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina (2014). Atualmente é professora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo e leciona no curso de Licenciatura em Matemática do Ifes Campus Cachoeiro de Itapemirim e no curso de Mestrado Profissional em Educação Profissional em Rede Nacional (ProfEPT), Pólo Vitória. Tem experiência na área de Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: juventude, medidas socioeducativas, políticas públicas de juventude, educação em espaços de privação de liberdade, formação de professores.

Referências

BIEMBENGUT, M. S. Mapeamento como princípio metodológico para a pesquisa educacional. In: MACHADO, N. J; CUNHA, M. O. da. Linguagem, conhecimento, ação: ensaios de epistemologia e didática. Escrituras Editora, 2007, p. 289-312.

BOGDAN, R.C.; BIKLEN, S.K. Investigação qualitativa em educação. Tradução de Maria João Alvarez, Sara Bahia dos Santos e Telmo Mourinho Baptista. Porto (Portugal): Porto, 1994.

FIORENTINI, Dario; LORENZATO, Sérgio. Investigação em educação matemática: percursos teóricos e metodológicos. 2ª Ed. Campinas: Autores Associados, 2007.

Artigos mapeados nas Revistas Bolema e Educação Matemática Pesquisa:

CUIDA, A.; ESPINA, E.; ALSINA, A.; NOVO, M. L. La educación estadística y probabilística em proyectos editoriales de Educación Infantil. Bolema: Boletim de Educação Matemática, v. 35, n. 69, 2021. http://dx.doi.org/10.1590/1980-4415v35n69a18

CRUZ, E.; SELVA, A. C. V. Classificação na Educação Infantil: discutindo propostas, concepções e práticas. Educação Matemática Pesquisa, v. 19, n.1, 2017. http://dx.doi.org/10.23925/1983-3156.2017v19i1p379-402

DIAS, C. de F. B.; PEREIRA, C. S.; DIAS, J. B.; DOS SANTOS, G.; PINHEIRO, N. A. M.; MIQUELIN, A. F. É possível ensinar Estocástica para crianças da Educação Infantil? Uma análise à luz da Teoria de Bruner. Bolema: Boletim de Educação Matemática, v. 34, n. 66, 2020. https://doi.org/10.1590/1980-4415v34n66a08

DÍAZ-LEVICOY, D.; SEPÚLVEDA, A.; VÁSQUEZ, C.; OPAZO, M. Lectura de tablas estadísticas por futuras maestras de Educación Infantil. Educação Matemática Pesquisa, v. 18, n. 3, 2016. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/index.php/emp/article/view/31475/21933.

GALLEGO, D. C.; ROJO, M. D. S. Actividades de Estudio e Investigación sobre medida de superficies en Educación Infantil. Educação Matemática Pesquisa, v. 21, n.4, 2019. https://doi.org/10.23925/1983-3156.2019v21i4p451-463

HALAT, E.; DAĞLI, Ü. Y. Preschool Students' Understanding of a Geometric Shape, the Square. Bolema: Boletim de Educação Matemática, v. 30, n.55, 2016.

MONTOITO, R.; CUNHA, A. V. da. Era uma vez, um, dois, três: estudos sobre como a literatura infantil pode auxiliar no ensino da construção do conceito de número. Educação Matemática Pesquisa, v. 22, n.1, 2020. https://doi.org/10.23925/1983-3156.2020v22i1p160-184

MORAES, S. P. G. de; ARRAIS, L. F. L.; MOYA, P. T.; LAZARETTI, L. M. O ensino de matemática na educação infantil: uma proposta de trabalho com jogos. Educação Matemática Pesquisa, v. 19, n.1, 2017. https://doi.org/10.23925/1983-3156.2017v19i1p353-377

MOREIRA, C. B.; GUSMÃO, T. C. R. S.; MOLL, C. F. Tarefas matemáticas para o desenvolvimento da percepção de espaço na Educação Infantil: potencialidades e limites. Bolema: Boletim de Educação Matemática, v. 32, n. 60, 2018. http://dx.doi.org/10.1590/1980-4415v32n60a12

NOVO, M. L.; AINHOA, B. Estudio longitudinal de la capacidad de representación simbólica de niños e niñas en el ciclo 3-6 de Educación Infantil al abordar tareas relativas a dictados matemáticos. Bolema: Boletim de Educação Matemática, v. 33, n. 64, 2019. http://dx.doi.org/10.1590/1980-4415v33n64a04

PAVANELLO, R. M.; COSTA, L. P. da. Formação de professores/educadores para o ensino e a aprendizagem das capacidades espaciais na educação infantil. Educação Matemática Pesquisa, v. 21, n., 2019. http://dx.doi.org/10.23925/1983-3156.2019v21i5p205-216

ROCHA, C. A.; SOUZA, A. C. de. Conhecimento de crianças pequenas da Educação Infantil e alunos dos anos iniciais do Ensino Fundamental sobre Combinatória: O que apontam as pesquisas brasileiras no período de 2010 a 2019? Educação Matemática Pesquisa, v. 23, n. 4, 2021. https://doi.org/10.23925/983-3156.2021v23i4p452-484

RODRÍGUEZ-QUINTANA, E.; GARCÍA, F. J. G.; HERRERO, M. H.; SIERRA, T. A. El problema del análisis de la epistemología dominante em uma institución: el caso del número em la educación infantil. Educação Matemática Pesquisa, v. 21, n.4, 2019. http://dx.doi.org/10.23925/1983-3156.2019v21i4p431-450

SOUTINHO, FLORBELA; MAMEDE, E. Crianças do Pré-Escolar a resolver problemas de estrutura aditiva: que estratégias? Bolema: Boletim de Educação Matemática, v. 32, n. 62, 2018. http://dx.doi.org/10.1590/1980-4415v32n62a07

VÁSQUEZ, C.; DÍAZ-LEVICOY, D.; ARTEAGA, P. Objetos matemáticos ligados a la estatística y la probabilidade em Educación Infantil: um análisis desde los libros de texto. Bolema: Boletim de Educação Matemática, v. 34, n. 67, 2020. http://dx.doi.org/10.1590/1980-4415v34n67a07

Downloads

Publicado

2021-10-31

Como Citar

GUALANDI, J. H.; SANTOS, P. dos. Análise dos artigos das revistas Bolema e Educação Matemática Pesquisa referentes a temática Educação Infantil no período de 2016 a 2021. Revista de Investigação e Divulgação em Educação Matemática , [S. l.], v. 5, n. 1, 2021. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/ridema/article/view/35202. Acesso em: 2 dez. 2021.

Edição

Seção

Ensino e aprendizagem de Matemática para a Educação Infantil