Mapeamento da produção científica em educação matemática que trata de materiais curriculares educativos

  • Reinaldo Feio Lima UNIFESSPA/IEA
Palavras-chave: Materiais curriculares educativos, Mapeamento, BDTD

Resumo

O presente artigo é um breve recorte da tese de doutorado defendida no Programa de Pós-Graduação em Educação, da Universidade Federal da Bahia – UFBA, intitulada “Mensagem pedagógica em textos de Materiais Curriculares Educativos”. Este estudo tem por objetivo mostrar um mapeamento da produção científica em Educação Matemática, a partir de teses e dissertações que contemplam pesquisas relacionadas a Materiais Curriculares Educativos, apresentadas no período 2013–2018 em programas de pós-graduação existentes no Brasil. O mapeamento foi realizado na Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações – BDTD, considerando as palavras-chave “materiais curriculares” e “materiais curriculares educativos”. Nesta, foram identificadas 06 teses e 06 dissertações. O artigo traz contribuições significativas para compreender os avanços desse campo emergente de pesquisa, destacando a diversidade teórica e metodológica de investigação, os focos temáticos, bem como as lacunas ainda a serem investigadas. Ademais, aponta a necessidade de futuras pesquisas que apresentem novas descobertas e possibilidades para a formação de professores que ensinam Matemática.

Referências

ANDRÉ, M. A. A produção acadêmica sobre formação de professores: um estudo comparativo das dissertações e teses defendidas nos anos 1990 e 2000. Formação Docente – Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação Docente, v. 1, n. 1, p. 41-56, ago./dez. 2009.
BOAS, J. V.; BARBOSA, J. C. Aprendizagem do professor: uma leitura possível. Ciência e Educação (UNESP) , v. 22, p. 1097-1107, 2016.
BIEMBENGUT, M. S. Mapeamento na pesquisa educacional. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, 2008.
CRESWELL, J. W. Projeto de pesquisa: métodos qualitativo, quantitativo e misto (3a ed.). Porto Alegre: Artmed, 2010.
CYRINO, M. C. de C. T.; OLIVEIRA, H. M. Ensino exploratório e casos multimídia na formação de professores que ensinam matemática. In: Recurso multimídia para a formação de professores que ensinam matemática: elaboração e perspectivas / Márcia Cristina de Costa Trindade Cyrino (organizadora). – Londrina: Eduel, 2016.
FIORENTINI, D.; PASSOS, C. L. B.; LIMA, R. C. R. (Org.). Mapeamento da pesquisa acadêmica brasileira sobre o professor que ensina Matemática: período 2001 a 2012. Campinas: FE-Unicamp, 2016. v. 1.
GARNICA, A. V. M. História Oral e Educação Matemática. In: BORBA, M. C.; ARAÚJO, J. L. (Org.). Pesquisa Qualitativa em Educação Matemática. 5. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2013. p. 87-110.
JONEI, C. B. ABORDAGENS TEÓRICAS E METODOLÓGICAS NA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA: APROXIMAÇÕES E DISTANCIAMENTOS. 38ª Reunião Nacional da ANPEd – 01 a 05 de outubro de 2017 – UFMA – São Luís/MA.
LIMA, T. C. S.; MIOTO, R. C. T. Procedimentos metodológicos na construção do conhecimento científico: a pesquisa bibliográfica. Katálysis, Florianópolis, v. 10, n. esp, p. 37–45, abr., 2007.
MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos de metodologia científica. 6ª ed., 7ª reimpressão. São Paulo: Atlas, 2009.
MOROSINI, M. C. Estado de conhecimento e questões do campo científico. Revista Educação, Santa Maria: UFSM, v. 40, n. 1, p. 101-116, jan./abr. 2015.
TEIXEIRA, B. R.; CYRINO, M. C. de C. T. O estágio supervisionado em cursos de licenciatura em Matemática: um panorama de pesquisas brasileiras. Educação Matemática Pesquisa, São Paulo, v. 15, n. 1, p. 29-49, 2013.
TEIXEIRA, P. M. M.; NETO, J. M. A Produção Acadêmica em Ensino de Biologia no Brasil – 40 anos (1972–2011): Base Institucional e Tendências Temáticas e Metodológicas. RBPEC, v. 17, n.2, p. 521–549, 2017.

APÊNDICE – Relações das teses e dissertações do corpus de análise deste estudo.
AGUIAR, Wagner Ribeiro. A transformação de textos de Materiais Curriculares Educativos por professores de Matemática nas práticas pedagógicas: uma abordagem sociológica com a lente teórica de Basil Berstein. 2014. 111f. Dissertação (Mestrado em Ensino, Filosofia e História das Ciências) – Universidade Estadual de Feira de Santana, Universidade Federal da Bahia. Salvador, 2014.
BUENO, S. Uso de materiais curriculares por professores de Matemática. 2017. 168f. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Faculdade de Ciências Exatas e Tecnologia. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. São Paulo, 2017.
COSTA, W. O. A participação de professores de matemática e análise de materiais curriculares elaborados em um trabalho colaborativo. 2015. 111f. Dissertação (Mestrado em Ensino, Filosofia e História das Ciências) – Universidade Estadual de Feira de Santana, Universidade Federal da Bahia. Salvador, 2015.
DINIZ, P. Materiais curriculares educativos e professores que ensinam Matemática: mensagem, recontextualização e identidade Pedagógica. 2017. 139f. Tese (Doutorado em Ensino, Filosofia e História da Ciência) – Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e História da Ciência. Universidade Federal da Bahia. Universidade Estadual de Feira de Santana. Salvador, 2017.
JANUÁRIO, G. Marco conceitual para estudar a relação entre materiais curriculares e professores de Matemática. 2017. 194f. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Faculdade de Ciências Exatas e Tecnologia. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. São Paulo, 2017.
LIMA, S. F. Relações entre professores e materiais curriculares no ensino de números naturais e sistema de numeração decimal. 2014. 217f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino de Matemática) – Faculdade de Ciências Exatas e Tecnologia. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. São Paulo, 2014.
PACHECO, D. R. O uso de materiais curriculares de Matemática por professores dos anos iniciais do Ensino Fundamental para o tema Espaço e Forma. 2015. 174f. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) – Faculdade de Ciências Exatas e Tecnologia. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. São Paulo, 2015.
PRADO, A. S. As imagens da prática pedagógica nos textos dos materiais curriculares educativos sobre modelagem matemática. 2014. 111f. Dissertação (Mestrado em Ensino, Filosofia e História da Ciência) – Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e História da Ciência. Universidade Federal da Bahia. Universidade Estadual de Feira de Santana. Salvador, 2014.
SANTANA, K. C. L. Relação professor-materiais curriculares em Educação Matemática: uma análise a partir de elementos dos recursos do currículo e dos recursos dos professores. 2017. 163f. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Faculdade de Ciências Exatas e Tecnologia. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. São Paulo, 2017.
SANTANA, T. S. A recontextualização pedagógica de materiais curriculares educativos por futuros professores de matemática non estágio de regência. 2015. 111f. Tese (Doutorado em Ensino, Filosofia e História da Ciência) – Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e História da Ciência. Universidade Federal da Bahia. Universidade Estadual de Feira de Santana. Salvador, 2015.
SILVA, M. S. A recontextualização de materiais curriculares educativos sobre modelagem matemática por professores nas práticas pedagógicas. 2013. 144f. Dissertação (Mestrado em Ensino, Filosofia e História da Ciência) – Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e História da Ciência. Universidade Federal da Bahia. Universidade Estadual de Feira de Santana. Salvador, 2013.
SOUZA, J. V. B. Professores de matemática e materiais curriculares educativos: participação e oportunidades de aprendizagens. 2015. 109f. Tese (Doutorado em Ensino, Filosofia e História da Ciência) – Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e História da Ciência. Universidade Federal da Bahia. Universidade Estadual de Feira de Santana. Salvador, 2015.
Publicado
2020-04-26
Seção
Artigos