As reflexões teóricas e metodológicas produzidas em um grupo/comunidade sobre a utilização das TICs

  • Rosana Maria Mendes
  • Rosana Giaretta Sguerra Miskulin
Palavras-chave: Formação de Professores, Pibid, Comunidades de Prática, Tecnologia da Informação e Comunicação, Educação Matemática

Resumo

Neste artigo apresentamos como um grupo/comunidade, formado por participantes do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) da Universidade Federal de Lavras (UFLA), planejaram, experimentaram, vivenciaram e refletiram sobre a complexidade que é ensinar e aprender Matemática com a mediação da tecnologia. Neste processo foram produzidas reflexões teóricas e metodológicas sobre a utilização das TICs no processo de ensinar e aprender Matemática, buscando a negociação de significados realizada durante um Curso de Extensão (Módulos I e II) sobre a utilização das TICs no
processo de ensinar e aprender Matemática. A partir do contato com os textos, os participantes puderam compreender e fazer inferências sobre eles, levantando hipóteses e conjecturas sobre seus aspectos pedagógicos, sociais e técnicos e, a partir dos resultados, buscaram validar seus pensamentos.

Referências

ALRO, Helle. SKOVSMOSE, Ole. Diálogo e Aprendizagem em Educação Matemática. Belo Horizonte, MG: Autentica, 2006.
BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977.
BOGDAN, Robert. BIKLEN, Sari. Investigação qualitativa em Educação. Portugal: Porto Editora, 1994.
DENZIN, NORMAN K.; LINCOLN, YONNA S. O planejamento da pesquisa qualitativa: teorias e abordagens. Tradução: Sandra Regina Netz. Porto Alegre:
Artmed, 2006.
DUARTE, Sinara. Por que utilizar o Software livre na educação? In: Viva o Linux, 2008. Disponível em: . Acesso em: 2 jan. 2011.
FRANCO, Maria Laura Puglisi Barbosa. Análise de conteúdo. 3 ed. Brasília: Líber Livro Editora, 2008.
LÜDKE, Menga; ANDRÉ, Marli E.D.A. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: EPU, 1986.
MENDES, Rosana Maria; MISKULIN, Rosana Giaretta Sguerra. A análise de conteúdo como uma metodologia. Caderno de Pesquisa, São Paulo , v. 47, n. 165, p. 1044-1066, set. 2017. Disponível em: 15742017000300013&lng=en&nrm=iso>. Accesso em 11 mar. 2019.
PALLOFF, Rena M.; PRATT, Keith. Construindo comunidades de aprendizagem no ciberespaço. Porto Alegre, RS: Artemed Editora, 2002.
SILVEIRA, Sérgio Amadeu da. Inclusão digital, software livre e globalização contrahegemônica.
2003. Disponível em: . Acesso em: 17 jan. 2011.
WENGER, Etienne. Comunidades de práctica: aprendizaje, significado e identidad. Barcelona: Paidós, 1998.
WENGER, E.; McDERMOTT, R.; SNYDER, M. Cultivating communities of practice: a guide to managing knowledge. Boston: Harvard Business School Press, 2002.
Publicado
2019-03-14
Seção
Artigos