A Educação Básica e o estágio supervisionado dos estudantes do curso de Licenciatura em Computação da UFJF no contexto da pandemia de COVID-19

Autores

  • Vitor Fonseca Figueiredo Universidade Federal de Juiz de Fora https://orcid.org/0000-0002-7010-0387
  • Camila Gonçalves Silva Figueiredo Secretaria Estadual de Educação de Minas Gerais (SEEMG)

DOI:

https://doi.org/10.34019/2675-4126.2022.v2.39508

Palavras-chave:

Estágio, Pandemia, Tecnologias de Informação e de Comunicação

Resumo

O presente texto tem por objetivo analisar as modificações no ensino ministrado na Educação Básica brasileira no contexto da pandemia do SARS-CoV-2, também conhecido como o coronavírus ou COVID-19. Ademais, busca-se analisar como as mudanças implementadas no ensino escolar no contexto da pandemia impactaram a formação inicial de docentes, especialmente da Licenciatura em Computação da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

Biografia do Autor

Camila Gonçalves Silva Figueiredo, Secretaria Estadual de Educação de Minas Gerais (SEEMG)

Doutora em História pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Especialista em Administração, Supervisão e Orientação Educacional, Especialista em Gestão e Tutoria em EaD e Especialista em Inspeção Escolar e Educação Especial. Atualmente exerce a função de Analista Educacional/Inspetora Escolar na Superintendência Regional de Ensino de Juiz de Fora.

Referências

AGUIAR, Luciana Dermani de. Ser e fazer-se docente no Ensino Médio Mediado por Tecnologia: o caso do Professor Presencial de Rondônia. 2018. Dissertação (Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública) - Faculdade de Educação/CAEd. Programa de Pós Graduação em Gestão e Avaliação da Educação Pública. Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, 2018. Disponível em: http://mestrado.caedufjf.net/wp-content/uploads/2018/10/DISSERTA%C3%87%C3%83O-LUCIANA-MEDIA%C3%87%C3%83O-TECNOL%C3%93GICA-PARA-ENCADERNA%C3%87%C3%83O-E-CAPA-DURA.pdf. Acesso em: 10 nov. 2022.

BRASIL. Presidência da República. Casa Civil. Subchefia para Assuntos Jurídicos. Lei Nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília/DF, 1996. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm. Acesso em: 15 nov. 2022.

BRASIL. Presidência da República. Casa Civil. Subchefia para Assuntos Jurídicos. Decreto Nº 5.773, de 9 de maio de 2006. Dispõe sobre o exercício das funções de regulação, supervisão e avaliação de instituições de educação superior e cursos superiores de graduação e seqüenciais no sistema federal de ensino. Brasília/DF, 2006. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seed/arquivos/pdf/legislacao/decreton57731.pdf. Acesso em: 15 nov. 2022.

BRASIL. Ministério da Educação. Parecer CNE/CP 9/2001. Diretrizes Curriculares para a Formação Inicial de Professores da Educação Básica em Cursos de Nível Superior. Brasília/DF, 2001. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/009.pdf. Acesso em: 7 nov. 2022.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília/DF, 2018. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofinal_site.pdf. Acesso em: 15 nov. 2022.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Parecer CNE/CP 05/2020. Reorganização do Calendário Escolar e da possibilidade de cômputo de atividades não presenciais para fins de cumprimento da carga horária mínima anual, em razão da Pandemia da COVID-19. Brasília/DF, 2020a. Disponível em http://portal.mec.gov.br/component/content/article/33371-cne-conselho-nacional-deeducacao/85201-parecer-cp-2020. Acesso em: 07 nov. 2022.

BRASIL. Ministério da Educação. Parecer Nº 11, de 7 de julho de 2020. Orientações Educacionais para a Realização de Aulas e Atividades Pedagógicas Presenciais e Não Presenciais no contexto da Pandemia. Brasília/DF, 2020b. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/docman/julho-2020-pdf/148391-pcp011-20/file. Acesso em: 7 nov. 2022.

BRASIL. Ministério da Educação. Portaria Nº 188, de 3 de fevereiro de 2020. Declara Emergência em Saúde Pública de importância Nacional (ESPIN) em decorrência da Infecção Humana pelo novo Coronavírus (2019-nCoV). Brasília/DF, 2020c. Disponível em: https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-188-de-3-de-fevereiro-de-2020-241408388 Acesso em 7 nov. 2022.

BRASIL. Ministério da Educação. Portaria Nº 343, de 17 de março de 2020. Dispõe sobre a substituição das aulas presenciais por aulas em meios digitais enquanto durar a situação de pandemia do Novo Coronavírus - COVID-19. Brasília/DF, 2020d. Disponível em: https://abmes.org.br/arquivos/legislacoes/Portaria-mec-343-2020-03-17.pdf . Acesso em 7 nov. de 2022.

BRASIL. Ministério da Educação. Portaria Nº 345, de 19 de março de 2020. Altera a Portaria MEC nº 343, de 17 de março de 2020. Brasília/DF, 2020e. Disponível em: https://abmes.org.br/arquivos/legislacoes/Portaria-mec-345-2020-03-19.pdf . Acesso em 7 nov. de 2022.

BRASIL. Ministério da Educação. Portaria Nº 544, de 16 de junho de 2020. Dispõe sobre a substituição das aulas presenciais por aulas em meios digitais, enquanto durar a situação de pandemia do novo coronavírus - Covid-19, e revoga as Portarias MEC nº 343, de 17 de março de 2020, nº 345, de 19 de março de 2020, e nº 473, de 12 de maio de 2020. Brasília/DF, 2020f. Disponível em: https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-544-de-16-de-junho-de-2020-261924872 . Acesso em 7 nov. de 2022.

COSTA, João Ribeiro. Atuação do Professor Presencial no Projeto Ensino Médio Presencial com Mediação Tecnológica no Município de Parintins/AM. 2015. Dissertação (Mestrado em Gestão e Avaliação da Educação Pública) - Faculdade de Educação/CAEd. Programa de Pós Graduação em Gestão e Avaliação da Educação Pública. Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, 2015. Disponível em: http://mestrado.caedufjf.net/wp-content/uploads/2016/02/JOAO-RIBEIRO-COSTA.pdf. Acesso em: 1 nov. 2022.

MINAS GERAIS. Decreto n° 113, de 12/03/2020 Declara situação de emergência em saúde pública no Estado em razão de surto de doença respiratória – 1.5.1.1.0 – Coronavírus e dispõe sobre as medidas para seu enfrentamento, previstas na Lei Federal nº 13.979, de 6 de fevereiro de 2020. Belo Horizonte, 2020a. Disponível em: https://www.almg.gov.br/legislacao-mineira/texto/DNE/113/2020/ Acesso em: 7 nov. 2022.

MINAS GERAIS. Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais. Plano de Estudos Tutorados. Belo Horizonte, 2020b. Disponível em: https://estudeemcasa.educacao.mg.gov.br/pets_ocultoeleicao. Acesso em: 7 nov. 2022.

MINAS GERAIS. Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais. Memorando Nº 76/2020 SEE/EFDPE-C. CERT. OCUPACIONAL. Belo Horizonte, 2020c.

MINAS GERAIS. Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais. Ofício SEE/EFP-C. CERT. OCUPACIONAL N°30/2021. Belo Horizonte, 2021.

Arquivos adicionais

Publicado

2022-12-22

Como Citar

FONSECA FIGUEIREDO, V.; GONÇALVES SILVA FIGUEIREDO, C. A Educação Básica e o estágio supervisionado dos estudantes do curso de Licenciatura em Computação da UFJF no contexto da pandemia de COVID-19. Lynx, [S. l.], v. 2, 2022. DOI: 10.34019/2675-4126.2022.v2.39508. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/lynx/article/view/39508. Acesso em: 4 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos Originais