O museu de grandes novidades

reemergência do conservadorismo no Brasil e o imperativo de seu enfrentamento pelo Serviço Social [Editorial]

Autores

  • Alexandre Aranha Arbia Faculdade Serviço Social - UFJF
  • Carina Berta Moljo Faculdade Serviço Social - UFJF
  • Ronaldo Vielmi Fortes UFJF - Faculdade Serviço Social

DOI:

https://doi.org/10.34019/1980-8518.2020.v20.32971

Palavras-chave:

neoconservadorismo, conservadorismo e serviço social

Resumo

Editorial

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alexandre Aranha Arbia, Faculdade Serviço Social - UFJF

Editorial

Referências

BURKE, Edmund. Reflexões sobre a revolução em França. Trad. Renato de Assumpção Faria, Denis Fontes de Souza Pinto e Carmen Lídia Richter Ribeiro Moura. Brasília: Editora da UnB, 1982.
CERQUEIRA, Laurez. Florestan Fernandes. Vida e obra. São Paulo: Expressão Popular, 2009.
FERNANDES, Florestan. Mudanças sociais no Brasil. São Paulo: Global Editora, 2008.
IANNI, Octávio. Florestan Fernandes e a formação da sociologia brasileira. In IANNI, Octávio (Org.). Florestan Fernandes: sociologia crítica e militante. São Paulo: Expressão Popular, 2011.
JACOB, Frank. Friedrich Engels and Revolution Theory: The Legacy of a Revolutionary Life. In JACOB, Frank (Ed.) Engels @ 200. Reading Friedrich Engels in the 21st Century. Berlin: Bücher, 2020.
MARX, Karl. O Capital. Livro I. O processo de produção do capital. Trad. Rubens Enderele. São Paulo: Boitempo, 2018.
MONTEIRO, Alberto. O pensamento conservador brasileiro. In Instituto Bonifácio. Disponível em https://bonifacio.net.br/o-pensamento-conservador-brasileiro/. Acesso em 15 nov. 2020.
MOTA, Ana Elizabete. Serviço Social brasileiro: profissão e área do conhecimento. In Revista Katálysis (Impresso), v. 1, p. 17-27, 2013.
NETTO, José Paulo. Apresentação. In ENGELS, Friedrich. A situação da classe trabalhadora na Inglaterra. Trad. B. A. Schumann. São Paulo: Boitempo, 2017.
______. Ditadura e Serviço Social. Uma análise do Serviço Social no Brasil pós-64. 17. ed. São Paulo: Cortez Editora, 2015.
______. Capitalismo Monopolista e Serviço Social. 8. ed. São Paulo: Cortez, 2011.
O’BRIEN, Connor Cruise. Introdução. In BURKE, Edmund. Reflexões sobre a revolução em França. Trad. Renato de Assumpção Faria, Denis Fontes de Souza Pinto e Carmen Lídia Richter Ribeiro Moura. Brasília: Editora da UnB, 1982.
OLIVEIRA VIANA, Francisco José de. Populações meridionais do Brasil. Edições do Senado Federal – N. 27. Brasília: Senado Federal, 2005.
______. Instituições políticas brasileiras. Coleção Biblioteca Básica Brasileira. Brasília: Senado Federal, 1999.
TORRES, Alberto. O problema nacional brasileiro. Ebook. eBookLibris. Disponível em http://bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br/services/e-books/Alberto%20Torres-1.pdf. Acesso em 29 nov. 2020.
VIEIRA, Evaldo. Autoritarismo e corporativismo no Brasil. São Paulo: Editora Unesp, 2010.
VISCONDE DO URUGUAI, Paulino José de Souza. Ensaio sobre Direito Administrativo. Tomo I. Rio de janeiro: Typographia Nacional, 1862.

Publicado

2021-06-18

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>