VOZES DE OUTRORA: A POESIA DE AUTORIA FEMININA NO BRASIL DO ENTRESSÉCULO (XIX/XX)

  • Marcelo Medeiros da Silva Universidade Estadual da Paraíba
  • Josivânia da Cruz Vilela Universidade Estadual da Paraíba

Resumo

A partir da análise de alguns poemas produzidos por mulheres do século XIX, o artigo propõe-se a refletir acerca da poesia brasileira de autoria feminina no Brasil, evidenciando não só os temas de que trataram algumas poetisas, em especial, Gilka Machado, Pórcia C. Melo, Francisca Júlia, Narcisa Amália, Júlia Cortines, Maria Amélia Queiroz, mas, sobretudo, como elas dialogaram ou colidiram com os preceitos das estéticas literárias oitocentistas.

Biografia do Autor

Marcelo Medeiros da Silva, Universidade Estadual da Paraíba

Doutor em Letras pela Universidade Federal da Paraíba e docente da Universidade Estadual da Paraíba, onde atua no Programa de Pós-Graduação em Formação de Professores e na licenciatura em Letras, ministrando disciplinas na área de Literatura e coordenando o subprojeto de Letras vinculado ao Programa Interinstitucional de Bolsas de Iniciação à Docência.

Josivânia da Cruz Vilela, Universidade Estadual da Paraíba

Graduanda em Letras - Língua Espanhola - pela Universidade Estadual da Paraíba, Campus VI. Atua nos seguintes temas: poesia oitocentista; escrita de autoria feminina; critica feminista; narrativa latino-americana contemporânea. Integrante do Grupo de Estudos de Literatura e Crítica Contemporâneas (UEPB/CNPq). Bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC/ UEPB/CNPq).

Publicado
2019-11-07