Adjetivos para qual psicopatologia?

  • Laurence Croix Universidade de Nanterre
  • Maria Renata PRADO MARTIN

Resumo

As crianças rebeldes, violentas, indisciplinadas, perversas, agitadas ... rapidamente se tornaram, já em 1903, pelo menos na França, crianças "doentes". Desde então, se desenvolveu uma psicopatologia discriminatória nascida de normas sociais, para conhecer uma terrível virada sob o regime nazista, em particular com o Dr. Asperger . Após a guerra, aparecem paralelamente às classificações da OMS, as diferentes versões do DSM e todos os seus distúrbios, incluindo o famoso "transtorno do déficit de atenção com ou sem hiperatividade" (TDA / H). No entanto, as noções de doença, sintoma e síndrome na medicina são, a priori, fundamentadas de outra forma. O comportamento pode se constituir, isoladamente, como uma doença? Não corremos o risco de não reconhecer o verdadeiro sofrimento psíquico das crianças?

Publicado
2019-12-02
Seção
Artigos