LEITURA, REPRESENTAÇÃO E PARTICIPAÇÃO NA CONSTRUÇÃO DO TERRITÓRIO

  • Giovanni Perillo Istituto Comprensivo “Manzoni-Poli” - Itália
Palavras-chave: Semiótica. Geografia. Representação.

Resumo

Educar crianças e adolescentes para a leitura do
território significa educá-los para a leitura da sua
relação com ele. Nesse sentido, necessita tanto de uma
exploração do contexto-território quanto das relações
na história que diferentes textos entretêm com aquele
contexto. Os diferentes textos baseiam-se nas relações
com a dimensão ecológica, social e transcendental ou
espiritual do contexto. Juntamente com a leitura, tornase
necessária a participação das crianças e adolescentes
na construção ideológica coletiva da identidade cultural
do próprio território. A participação permite a crianças
e adolescentes desenvolver práticas de liberdade em um
território (micro e macro) de forma a se sentirem menos
estrangeiros e, consequentemente, participem mais na
sua preservação.
Publicado
2018-12-27
Seção
Artigos