LA ESCUELA DE MANUELA”. INFANCIAS Y MEMORIA. ZONAS DE EXPERIENCIA Y CRONOTOPOS EN CONTEXTOS DE MOVILIZACIÓN SOCIAL

  • Patrícia Medina Melgarejo Universidad Pedagógica Nacional (UPN) -México
Palavras-chave: Crianças, memória social, experiênciacronotopo, descolonização

Resumo

O trabalho aborda a relação complexa entre a infância
e a memória, reconhecendo o exercício político das
crianças na epistêmica de construção de demandas
sociais. Um desenvolvimento argumentativo e
conceitual é apresentado como suporte para uma
proposta metodológica em diálogo para compreender
os referentes analíticos de um caso: “A escola da
Manuela”, como uma contribuição no campo de
estudos junto com a infância.
Publicado
2018-12-27
Seção
Artigos