Por uma arquitetônica cíbrida nas políticas de formação para uso das TDIC

  • Lúcia Helena Schuchter Universidade Federal de Juiz de Fora - Programa de Pós-Graduação em Educação
  • Adriana Rocha Bruno Universidade Federal de Juiz de Fora - Programa de Pós-Graduação em Educação
Palavras-chave: formação de professores, política pública, tecnologias digitais.

Resumo

Este texto é o produto de um recorte de uma pesquisa de doutorado, que investigou a constituição das políticas públicas de formação docente para o uso das Tecnologias Digitais da Informação e da Comunicação em uma rede municipal de ensino. A investigação é qualitativa, na abordagem histórico-cultural, respaldada por Vygotsky e Bakhtin, associada ao “ciclo de políticas” (BALL, 1994). A pesquisa defende a configuração de uma arquitetônica cíbrida para a constituição e execução dessas políticas públicas.

Palavras-chave: formação de professores; política pública; tecnologias digitais.

Biografia do Autor

Lúcia Helena Schuchter, Universidade Federal de Juiz de Fora - Programa de Pós-Graduação em Educação

Doutora e Mestre em Educação (Programa de Pós-Graduação em Educação/UFJF).

Pesquisadora do GRUPAR (Grupo de Pesquisa Aprendizagem em Rede)

Rede Municipal de Ensino de Juiz de Fora

 

Adriana Rocha Bruno, Universidade Federal de Juiz de Fora - Programa de Pós-Graduação em Educação

Pós-doutora em Educação pelo Instituto de Educação da Universidade de Lisboa-PT, Doutora e Mestre em Educação: Currículo, pela PUC de São Paulo.

Programa de Pós-Graduação em Educação - UFJF
Publicado
2018-07-24
Seção
Artigos