A (TRANS) formação humana na perspectiva foucaultiana: interpelações à educação escolar e à docência na atualidade

  • Pedro Angelo Pagni UNESP
Palavras-chave: Formação humana, Michel Foucault, Arte de viver, Psicagogia, Educação escolar.

Resumo

O tema da formação humana vem sendo objeto de uma longa discussão no âmbito dos estudos em Filosofia da Educação. O presente artigo procura abordar esse tema a partir do pensamento de Michel Foucault e, ao privilegiar essa perspectiva teórica, apresentar uma de suas faces mais radicais, objetivando vistas a discutir as possibilidades da restituição do sentido formativo da educação escolar e da docência na atualidade. Para isso, recorremos à obra e aos últimos cursos desse filósofo, particularmente, ao momento em que articula sua ontologia crítica à estética da existência, ao seu retorno aos gregos para problematizar no presente a filosofia e a pedagogia e aos conceitos em torno dos quais sustenta o que chama de pragmática de si. Dessa forma, procuramos contribuir para o atual debate sobre o assunto, no campo da Filosofia da Educação, e para uma reflexão acerca das possibilidades do sentido (trans)formativo da educação escolar, no presente.

Biografia do Autor

Pedro Angelo Pagni, UNESP
Possui livre-docência em Filosofia da Educação e doutorado em Educação pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), com pós-doutorado na Universidad Complutense de Madrid. Atualmente é professor adjunto do Departamento de Administração e Supervisão Escolar, onde leciona a disciplina Filosofia da Educação, e do programa de Pósgraduação em Educação da Faculdade de Filosofia e Ciências da UNESP, Campus de Marília. Coordena o Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação e Filosofia (GEPEF). Atualmente é pesquisador do CNPq e coordenador do GT-Filosofia da Educação da Anped. Email: pagni@terra.com.br
Publicado
2015-10-29
Seção
Artigos