Narrativas e Trajetórias de Formação: Um Diálogo Entre Literatura e Memórias

  • Eda Maria de Oliveira Henriques Universidade Federal Fluminense
  • Mônica Maria de Azevedo Universidade Federal Fluminense
Palavras-chave: Trajetórias de Formação, Narrativas, Memória

Resumo

O desprestígio crescente da profissão docente vem afetando um grande número de alunos que chegam às Licenciaturas com sérias dúvidas em relação à carreira docente. Diante deste quadro, desenvolveu-se uma pesquisa que procurou entender de que forma os alunos significam a sua trajetória de formação. Para conhecer tais trajetórias concebeu-se uma metodologia inspirada na proposta do memorial de formação de acordo com a concepção de Passeggi. Para deflagrar as narrativas utilizou-se o potencial discursivo e produtor de sentidos de crônicas da literatura brasileira, com as contribuições de Benjamin, Vygotsky e Iser. A partir da leitura de uma crônica, os alunos tornaram suas trajetórias um espaço de narrativa, análise e reflexão.

Biografia do Autor

Eda Maria de Oliveira Henriques, Universidade Federal Fluminense
Professora Associada da Faculdade de Educação da UFF da área de Psicologia da Educação no departamento de Fundamentos Pedagógicos e do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFF atuando na Linha de Pesquisa Linguagem, Cultura e Processos Formativos .
Mônica Maria de Azevedo, Universidade Federal Fluminense
Professora da Faculdade de Educação da universidade Federal Fluminense da área de Psicologia da Educação do Departamento de Fundamentos Pedagógicos.
Publicado
2016-02-21
Seção
Artigos