Avaliação de contexto na educação infantil

uma escolha para pensar a melhoria das práticas educativas

  • Patrícia Corsino Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • Jordanna Castelo Branco Universidade Federal do Rio de Janeiro
Palavras-chave: Avaliação de contexto, Educação Infantil, Melhoria da qualidade

Resumo

Este texto tem como objetivo analisar parte dos resultados de um processo de avaliação de contexto, que focalizou práticas educativas de oralidade, leitura e escrita, em uma escola de educação infantil da rede pública municipal de ensino da cidade do Rio de Janeiro. Para desenvolver a avaliação de contexto na instituição, foi elaborado um instrumento, e desenvolvida a metodologia própria desta avaliação com base na perspetiva de Bondioli e Savio (2013, 2015). Após percorrer todas as fases da avaliação de contexto, os resultados evidenciaram, pelo envolvimento da equipe e compromisso coletivo de busca da melhoria educativa da instituição, a potência formativa da proposta avaliativa.

Referências

BONDIOLI, Anna; SAVIO, Donatella. Elaborar indicadores de qualidade educativa das instituições de Educação Infantil: uma pesquisa compartilhada entre Itália e Brasil. In: SOUSA, Gisele; MORO, Catarina; COUTINHO, Angela Scalabrin. Formação da rede em Educação Infantil: avaliação de contexto. Curitiba: UFPR, 2015.

BONDIOLI, Anna; SAVIO, Donatella (orgs). Participação e qualidade em Educação da Infância: percursos de compartilhamento reflexivo em contextos educativos. Curitiba: UFPR, 2013.

BRANCO, Jordanna Castelo. Avaliação de contextos de práticas de oralidade, leitura e escrita na pré-escola: possibilidades e desafios. Tese de doutorado. Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2019.

GABRIEL, Carmen Tereza. Complexo de Formação de Professores: uma experiência (inter)institucional em curso. Profesorado - Revista de currículum y formación del profesorado, v. 23, n. 3 ( jul.-set. 2019), p. 189-209. Disponível em: https://185.79.129.77/index.php/profesorado/article/view/74500/45295. Acesso em: 23 de ago. 2020.

GUBA, E.; LINCOLN, Y. Fourth generation evaluation. Califórnia-USA: Sage, 1989.

MEC/SEB/COEDI. Contribuições para a política nacional: a avalição em Educação Infantil a partir da avaliação de contexto. Curitiba: Imprensa/UFPR; Brasília: Ministério da Educação. Secretaria da Educação Básica. Coordenação de Educação Infantil, 2015.

NÓVOA, Antonio. Um Novo Modelo Institucional para a Formação de Professores na Universidade Federal do Rio De Janeiro. Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2017.

RIO DE JANEIRO. Secretaria Municipal de Educação/Gerência Especial de Educação Infantil. Orientações Curriculares para a Educação Infantil. Rio de Janeiro, 2010. Disponível em: http://www.rio.rj.gov.br/dlstatic/10112/4246634/4104953/orientacoesCurricularesEdInfantil.pdf . Acesso em: 23 ago. 2020.

SAVIO, Donatella. Promover a partir de dentro: uma abordagem reflexiva e participativa da avaliação de contextos educativos1. Pro-Posições, Campinas, v. 29, n. 2, p. 72-92, ago. 2018. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-73072018000200072&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 24 nov. 2019.

Publicado
2020-06-30
Como Citar
Corsino, P., & Branco, J. C. (2020). Avaliação de contexto na educação infantil: uma escolha para pensar a melhoria das práticas educativas. Revista Pesquisa E Debate Em Educação, 10(1), 1012 - 1026. Recuperado de https://periodicos.ufjf.br/index.php/RPDE/article/view/32016