Reflexões sobre o ensino de Física

da evasão à formação de professores

Autores

  • Claudia Gonçalves Machado Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Programa de Pós-graduação em Educação em Ciências e Educação Matemática, Cascavel, Paraná, Brasil
  • Marco Antonio Batista Carvalho Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Programa de Pós-graduação em Educação em Ciências e Educação Matemática, Cascavel, Paraná, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.34019/2237-9444.2020.v10.31846

Palavras-chave:

Evasão, Licenciatura em física, Formação de professores

Resumo

Um dos principais problemas encontrados no Ensino Superior é a evasão. Entre os cursos que apresentam maiores índices de evasão está o curso de Física. Uma consequência desta situação é a falta de profissionais habilitados para ministrar aulas de Física no Ensino Médio, onde essa defasagem é suprida por professores licenciados em outras áreas. Outra consequência é que os alunos, ao entrarem em contato com a disciplina, vivenciam experiências frustrantes diante do despreparo do professor e da falta de estrutura física dos laboratórios escolares. Diante deste cenário, o estudo, baseado em dados sobre a evasão nos cursos de Licenciatura em Física da UFFS (Universidade Federal da Fronteira Sul), campus de Realeza/PR, confirma o indicador de outras pesquisas apontando que há, atualmente, uma escassez de 23,5 mil professores de física para o Ensino Médio e que 34% dos professores que ministram aulas de Física não possuem formação na referida área.

Referências

ARRUDA, Sergio de Mello et al. Dados comparativos sobre a evasão em física, matemática, química e biologia da Universidade Estadual de Londrina: 1996 a 2004. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, v. 23. n. 3. p. 418-438, 2006. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/fisica/article/view/6270/5806. Acesso em: 18 jan. 2019.

BONADIMAN, Helio; NONENMACHER, Sandra Elisabet Bazana. O gostar e o aprender no ensino de física: uma proposta metodológica. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, v. 24, n. 2: p. 194-223, ago. 2007. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/fisica/article/view/1087. Acesso em: 19 jan. 2019.

COSTA, Luciano Gonsalves; BARROS, Marcelo Alves. O ensino da Física no Brasil: problemas e desafios. XII Congresso Nacional de Educação, PUC/PR, 2015. Disponível em: http://educere.bruc.com.br/arquivo/pdf2015/21042_8347.pdf. Acesso em: 21 jan. 2019.

FERREIRA, Doralice Bortoloci; VILLANI, Alberto. Uma reflexão sobre prática e ações na formação de professores para o ensino de física. I Encontro Ibero-Americano sobre Investigação em Educação em Ciências: Burgos, Espanha, 2002. Disponível em: http://abrapecnet.org.br/enpec/iii-enpec/o125.htm. Acesso em: 20 jan. 2019.

FERREIRA, Juliana Machado. Um olhar sobre a evasão no curso Licenciatura em Física da Universidade Estadual do Centro-Oeste. Trabalho de conclusão de Curso. Guarapuava/PR: Universidade Estadual do Centro Oeste – UNICENTRO, 2017. Disponível em: https://www2.unicentro.br/fisica/files/2017/12/TCCfinal_JULIANAMACHADO.pdf?x63480&x63480. Acesso em: 19 jan. 2019.

FREIRE, Paulo. Carta de Paulo Freire aos professores. Estud. av. [online]. 2001, vol.15, n.42 pp.259-268. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40142001000200013&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 24 fev. 2020.

HOED, Raphael Magalhães. Análise da evasão em cursos superiores: o caso da evasão em cursos superiores da área de Computação. Dissertação (mestrado) Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Exatas Departamento de Ciência da Computação, Brasília, 2016. Disponível em: https://repositorio.unb.br/bitstream/10482/22575/1/2016_RaphaelMagalh%C3%A3esHoed.pdf. Acesso: 24 fev. 2020.

KUSSUDA, Sergio Rykio. A escolha profissional dos licenciados em física de uma universidade pública. Dissertação (mestrado) Universidade Paulista, Faculdade de Ciências, 2012. Disponível em: https://repositorio.unesp.br/handle/11449/90967. Acesso em: 19 jan. 2019.

KUSSUDA, Sergio Rykio; NARDI, Roberto. Um estudo sobre a evasão em um curso Licenciatura em Física: discursos de professores. XI Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências – XI ENPEC. UFSC – Florianópolis, SC – 03 a 06 de julho de 2017. Disponível em: http://www.abrapecnet.org.br/enpec/xi-enpec/anais/busca.htm?query=evas%E3o. Acesso em: 18 mar. 2019.

RESOLUÇÃO Nº 4/2014 –CONSUNI/CGRAD. Aprova o Regulamento da Graduação da Universidade Federal da Fronteira Sul, 2014. Disponível em: https://www.uffs.edu.br/atos-normativos/resolucao/consunicgrad/2014-0004. Acesso em: 04 jan. 2021.

SANTOS, Cintia Aparecida Bento dos; CURI, Edda. A formação dos professores que ensinam Física no Ensino Médio. Ciência & Educação, v.18, n. 4, p. 837-849, 2012. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ciedu/v18n4/v18n4a07.pdf. Acesso em: 20 jan. 2019.

SILVA, Mônica Bordim Sanches da; FRANCO, Valdeni Soliani. Um estudo sobre a evasão no curso de física da Universidade Estadual de Maringá: modalidade presencial versus modalidade a distância. Associação Brasileira de Educação à Distância, v. 13, 2014. Disponível em: http://seer.abed.net.br/index.php/RBAAD/article/view/260. Acesso em: 19 jan. 2019.

Downloads

Publicado

2020-12-31

Como Citar

Machado, C. G., & Carvalho, M. A. B. . (2020). Reflexões sobre o ensino de Física: da evasão à formação de professores. Pesquisa E Debate Em Educação, 10(2), 1287–1299. https://doi.org/10.34019/2237-9444.2020.v10.31846

Edição

Seção

Pesquisa aplicada