Potencializando a construção de conhecimentos em sala de aula

o ensino de geografia por meio de história em quadrinhos

Autores

DOI:

https://doi.org/10.34019/2237-9444.2021.v11.31618

Palavras-chave:

História em quadrinhos, Geografia, Ensino e aprendizagem

Resumo

O presente artigo apresenta reflexões a respeito da necessidade de abordar os conceitos geográficos de forma significativa ao promover os ensinamentos para crianças.  Nesse sentido, o objetivo principal desta investigação consistiu em refletir sobre as contribuições para a aprendizagem de crianças ao se abordar os conceitos geográficos vinculados as Histórias em Quadrinhos. Para tal, nessa pesquisa de cunho eminentemente qualitativo, apoiou-se nos preceitos da pesquisa colaborativa e da pesquisa-ação. Os dados da investigação evidenciaram que as Histórias em Quadrinhos escolhidas e trabalhadas possibilitaram a aprendizagem significativa dos fatos e fenômenos geográficos pelas crianças, representando uma estratégia facilitadora para abordar conceitos geográficos que fazem parte das relações cotidianas dos alunos, demonstrando suas contribuições para o processo de ensino, de aprendizagem e de produção de conhecimento.

Biografia do Autor

Priscila Daniele de Oliveira, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, Minas Gerais, Brasil

Graduada em Licenciatura em Geografia (IFMG- campus Ouro Preto). Mestranda em Educação (UFOP).

Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/1880660200903270.

Jacks Richard de Paulo, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, Minas Gerais, Brasil

Graduado em Licenciatura e Bacharel em Geografia (PUCMINAS). Especialista em Ensino de Geografia (PUCMINAS), Especialista em Tutoria na Educação a Distância (UFOP). Mestre em Ciências naturais (UFOP). Doutor em Educação (UNIMEP). Professor do Departamento de Educação da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP/ICHS).

Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/6910995649425560.

Referências

AUSUBEL, David Paul. Aquisição e retenção de conhecimentos: uma perspectiva cognitiva. Lisboa: Plátano. 2003.

BOROCHOVICIUS, Eli; TORTELLA, Jussara Cristina Barboza. aprendizagem baseada em problemas: um método de ensino-aprendizagem e suas práticas educativas. Ensaio: aval. pol. públ. educ., v. 22, n. 83, Rio de Janeiro, apr./jun. 2014.

DESGAGNÈ, Serge. O conceito de pesquisa colaborativa: a ideia de uma aproximação entre pesquisadores universitários e professores práticos. Revista Educação em Questão, Natal, v. 29, n. 15, p. 7-35, 2007.

GROENSTEEN, Thierry. História em quadrinhos: essa desconhecida arte popular. Col. Quiosque 1. João Pessoa: Marca de Fantasia, 2004.

McCLOUD, Scott. Desvendando os quadrinhos. São Paulo: Makron Books, 1995.

MORETTI, Fernando. Qual a diferença entre charge, Cartum e quadrinhos? Disponível em: http://ccghumor.com.br. Acesso em: 3 jan. 2020.

MULLER, Luiza de Souza. A interação professor-aluno no processo educativo. Revista Integração, ensino, pesquisa, extensão, n. 31, p. 276-280, nov. 2002.

PAULO, Jacks Richard de. De lá pra cá e de cá pra lá na formação de professores: a geografia acadêmica e a geografia escolar. In: Jacks Richard de Paulo. (Org.). A formação de professores de geografia: contribuição para mudança de concepção de ensino. Jundiaí: PACO, 2016. v. 1, p. 53-64.

PEIXOTO, Marco Aurélio. As histórias em quadrinhos e o ensino de geografia em Cáceres-MT. (Trabalho de Conclusão de Curso). Universidade Federal do Mato Grosso, 2009.

REZENDE, Lucinea Aparecida de. Leitura e formação de leitores: vivências teórico-práticas. Londrina: Eduel, 2009.

SILVA, Eunice Isaias da. Charge, cartum e quadrinhos: linguagem alternativa no ensino de geografia. Revista Solta a Voz, v. 18, n. 1, 2007. Disponível em: http://revistas.ufg.br/index.php/sv/article/view/2512/2482. Acesso em: 29 jun. 2020.

SILVA, Eunice Isaias da. A linguagem dos quadrinhos na mediação do ensino de geografia: charges e tiras de quadrinhos no estudo de cidade. Tese de Doutorado. Programa de Pós-Graduação em Geografia, IES/UFG. Goiânia: UFG, 2010.

SILVA, Ângela Maria de Andrade. O ensino de geografia e os recursos didáticos: uma avaliação inicial acerca dos materiais de ensino e livros didáticos. Uberlândia: UFU, 2007.

SILVA, Diamantino da. Quadrinhos para quadrados. Porto Alegre: Bels, 1976.

SOUZA, Salete Eduardo de. O uso de recursos didáticos no ensino escolar. In: ENCONTRO DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO, I, JORNADA DE PRÁTICA DE ENSINO, IV, SEMANA DE PEDAGOGIA DA UEM, XIII, Maringá, 2007. Anais [...]. Amringá: UEM, 2007.

THIOLLENT, Michel. Metodologia da pesquisa-ação. São Paulo: Cortez & Autores Associados, 1988.

VERGUEIRO, Waldomiro. Uso de HQs no ensino. In: VERGUEIRO, Waldomiro; RAMA, Ângela (Orgs.) Como usar quadrinhos na sala de aula. São Paulo: Contexto, 2004.

WERNECK, Vera Rudge. Sobre o processo de construção do conhecimento: o papel do ensino e da pesquisa. Ensaio: aval. pol. públ. Educ., Rio de Janeiro, v. 14, n. 51, p. 173-196, abr./jun. 2006.

Downloads

Publicado

2021-03-08

Como Citar

Oliveira, P. D. de, & Paulo, J. R. de. (2021). Potencializando a construção de conhecimentos em sala de aula: o ensino de geografia por meio de história em quadrinhos. Pesquisa E Debate Em Educação, 11(1), 1–12, e31618. https://doi.org/10.34019/2237-9444.2021.v11.31618

Edição

Seção

Pesquisa aplicada